Terça-feira, 12 de Dezembro de 2017
 

Blogs OKTV

Você está em: Home > Blogs
  • Governo Estado

    Planejamento tem ajudado o Piauí a manter folha em dia

    22.09.2017 | Postado por: | 0 Comentários

    Segundo o governador, essa é a maior crise da história do Brasil, superior à da década de 1930.


    Cortes de gastos, aumento na arrecadação própria, retirada do Piauí do Cauc, novo regime fiscal, recadastramento. Essas foram algumas medidas que o Piauí adotou para sobreviver à crise econômica que atinge o Brasil há dois anos. O planejamento começou ainda em 2015 quando o governador Wellington Dias assumiu o Palácio de Karnak. Como a situação econômica só piora e o Fundo de Participação dos Estados (FPE) estacionou, o Estado está em alerta diante das dificuldades impostas pela recessão. A prioridade é evitar o colapso que atingiu o Rio Grande do Sul, Minas Gerais e Rio de Janeiro, causando prejuízo principalmente para os servidores públicos, que tiveram seus salários atrasados.


    O esforço para manter o equilibro tem sido intenso. De janeiro a agosto deste ano, a arrecadação própria do Estado cresceu 8,43%, em contrapartida, o governo já reduziu cerca de R$ 110 milhões em novas contratações e R$ 16 milhões com o custeio da máquina pública este ano.


    “O Piauí vem fazendo a sua parte que é tentando de todas as formas evitar que a crise caia diretamente sobre o servidor. Temos feito economia nos gastos, aumentamos a arrecadação, fazendo investimentos através das operações de crédito para não deixar a economia parar. Mas a crise é nacional e muda a cada momento”, afirma o governador Wellington Dias.


    Para o gestor, é a maior crise da história do Brasil, superior à da década de 1930. “Isso é unanimidade entre os economistas. Não tem sido fácil para os entes, principalmente para os estados e municípios. O Estado, diferente da União, não gera dinheiro, não fabrica dinheiro, não emite título”, explica Wellington.


    E para os estados, as previsões não são boas em relação ao FPE. O último quadrimestre do ano requer atenção. Em setembro, a estimativa é de um recuo real de 7% no repasse, o equivalente a R$ 11 milhões.


    “Não é fácil você ficar equilibrado pelo menos numa situação de normalidade administrativa. Por isso que a gente sempre pede a compreensão de toda a sociedade para fazer a pactuação e evitar o colapso”, declara o secretário de Administração, Franzé Silva.


    Um dos sinais que o momento é de cautela vem da Lei de Responsabilidade Fiscal (LRF). A previsão é que o Estado feche o primeiro quadrimestre deste ano acima do limite prudencial com gastos de pessoal, que é de 46%. Desta forma, o governo estaria impossibilitado de realizar reajustes, por exemplo.


    “Em curto prazo não temos como atender novos reajustes, não só pela questão financeira, mas também pela questão contábil. Estamos fechando o relatório do quadrimestre e provavelmente o limite prudencial será ultrapassado e, portanto, por uma questão legal, nenhum reajuste ou vantagem adicional aos servidores poder concedida nesse atual momento”, explica Franzé.


    Obras


    Enquanto os investimentos em muitos estados estão estagnados, no Piauí, graças as operações de crédito, a roda da economia tem girado. No ano passado, o governo investiu cerca de R$ 854 milhões, sendo que a maior parte destes recursos, R$ 736,5 milhões, foi aplicada em obras e equipamentos. As principais obras são as relativas à mobilidade urbana, pavimentação e recuperação de rodovias, a exemplo do Rodoanel, Elevado da Miguel Rosa, Transcerrados, etc.


    Autoria: Herlon Moraes


  • Governo Estado

    Pafor/Uespi lança edital com 339 vagas para professor formador e supervisor de estágio

    22.09.2017 | Postado por: | 0 Comentários

    As vagas são destinadas aos cursos de 1ª Licenciatura do programa realizados em 25 municípios do Piauí.


    A Universidade Estadual do Piauí (Uespi), através da Pró-reitora de Ensino de Graduação (PREG), e por meio da Coordenação Geral do Parfor/Uespi, torna público o Edital Nº 006/2017- Parfor/PREG, para seleção de Professores Efetivos da Uespi, visando o preenchimento de 339 vagas de Professor Formador e Professor Supervisor de Estágio do Plano Nacional de Formação de Professores da Educação Básica (Parfor).


    As vagas são destinadas aos cursos de 1ª Licenciatura do Parfor/Uespi(Ciências Biológicas, Computação, Educação Física, Geografia, Matemática, Pedagogia, Letras/Espanhol, Letras/Inglês e Letras/Português), realizados em 25 municípios piauienses (Amarante, Água Branca, Anísio de Abreu, Barras, Beneditinos, Bom Jesus, Canto do Buriti, Castelo do Piauí, Corrente, Curimatá, Esperantina, Fronteiras, José de Freitas, Luzilândia, Oeiras, Paulistana, Pedro II, Picos, Piracuruca, Piripiri, São João do Piauí, São Raimundo Nonato, União, Uruçuí e Valença do Piauí).


    O processo seletivo está aberto para professor do quadro permanente da Uespi, em efetivo exercício em sala de aula; professor do quadro permanente da Uespi que esteja cursando pós-graduação stricto sensu, e professor aposentado da Uespi. Os docentes selecionados ministrarão as disciplinas do 2º semestre de 2017, cujo período letivo intensivo ocorrerá de 04/01 a 21/02/2018. A pré-inscrição on-line será realizada a partir do dia 22/09/2017 até o dia 25/09/2017, das 8:00 às 16:00, no endereço eletrônico parfor.uespi.br.


    O candidato deverá acessar o campo das inscrições no site do Parfor, preencher corretamente o formulário, informando os dados pessoais e profissionais enquanto docente ativo ou inativo da IES. Em seguida, anexar o link do Currículo Lattes atualizado no ano em curso. No ato da inscrição, o candidato poderá optar por até três disciplinas , por ordem de preferência. Não será permitida mais de uma inscrição por candidato.


    A análise das inscrições ocorrerá de 26 a 28/09/2017. A publicação do resultado da análise será dia 29/09/2017. A Coordenação Geral do Parfor/Uespi informa que o lançamento do Edital para seleção de Professor Orientador de Trabalho de Conclusão de Curso ocorrerá na sexta-feira, dia 22/09/2017.


    Veja aqui o Edital Nº 006/2017- PARFOR/PREG


    Veja o ANEXO IV


  • Governo Estado

    Piauí sobe no ranking de competitividade dos Estados

    22.09.2017 | Postado por: | 0 Comentários

    Ajudaram na melhora do índice, a segurança pública e a solidez fiscal.


    Graças à organização fiscal e à segurança pública, o Piauí melhorou sua posição no Ranking de Competividade dos Estados, realizado pela consultoria Tendências em parceria com o Centro de Liderança Pública (CLP). Com 33,3 pontos, o Piauí ficou na 23ª posição entre as 27 unidades da Federação, estado à frente de Alagoas, Maranhão, Amapá e Sergipe. Em 2016, o Estado estava em 24º lugar. O estudo da versão 2017 foi divulgado nesta quarta-feira (20) e analisa todas as unidades federativas por meio de dez pilares/setores estratégicos, como infraestrutura, solidez fiscal, educação e potencial de mercado, entre outros.


    Dentre os pilares, o Piauí se destacou nos itens segurança pública e solidez fiscal. No primeiro, o Piauí evoluiu da 17ª posição em 2016 para a 14ª. A melhoria foi graças aos indicadores segurança pessoal (taxa de homicídios) e déficit carcerário (capacidade de as cadeias abrigarem os presos).


    Na segurança pessoal, o Piauí subiu da 6ª colocação no ano passado para 4ª este ano, atrás apenas dos estados de São Paulo, Santa Catarina e Roraima. No déficit carcerário, o salto foi maior. O Piauí saiu da 22ª posição em 2016 para a 10º este ano.


    Mas é na administração das finanças públicas que o Piauí fica dá exemplo aos demais estados. Em 2016, o Estado ocupava a 17ª posição e este ano chegou a 6ª, ficando bem à frente de regiões mais desenvolvidas, como Santa Catarina, Pernambuco, Paraná, São Paulo, Minas Gerais, Rio de Janeiro e Rio Grande do Sul.


    Dentro do pilar solidez fiscal, o destaque vai para a capacidade de investimento, uma característica que o Piauí vem melhorando a cada ano. Em 2015, o Piauí era o 10º estado com maior capacidade de investimento. No ano passado passou a 9º e, este ano, é o 3º.


    Veja os números


    Ranking de Competividade Piauí 2017 – 23º


    Ranking de Competividade Piauí 2016 – 24º


    Pilares e indicadores em que o Piauí mais se destacou


    Pilar Segurança Pública – 14ª posição (contra 17ª em 2016)


    Pilar Solidez Fiscal – 6ª posição (contra 17ª em 2016)


    Indicador Enem – 18ª posição (contra 21ª em 2016)


    Indicador Déficit carcerário – 10ª posição (contra 22ª em 2016)


    Indicador Segurança pessoal – 4ª posição (contra 6ª em 2016)


    Indicador Capacidade de Investimento – 3ª posição (contra 7ª em 2016)


    Outros indicadores em que o Piauí melhorou


    Previdência Social – 1ª posição


    Taxa de crescimento do mercado – 17ª posição


    Custo de mão-de-obra – 2ª posição


    Avaliação da educação – 1ª posição


    Servidores comissionados – 11ª posição


    Mobilidade urbana – 5ª posição


    Patentes – 17ª posição


  • Governo Estado

    Ceir dá continuidade a bazar com loja provisória na instituição

    22.09.2017 | Postado por: | 0 Comentários

    Os produtos serão disponibilizados em loja provisória instalada na instituição.


    A segunda edição do bazar, com produtos doados pela Receita Federal, do Centro Integrado de Reabilitação (Ceir), prevista para o dia 30 de setembro e 1° de outubro, não vai mais acontecer. Os produtos serão disponibilizados em loja provisória instalada na instituição.


    x


    “A primeira edição do bazar superou as expectativas de venda, restando somente cerca de 30% dos produtos no estoque. Então a Receita Federal nos autorizou a montarmos uma loja, que será instalada na quadra de esportes do Ceir, para a comercialização dos produtos à população”, explica Aderson Luz, superintendente multiprofissional do Centro de Reabilitação.


    As vendas serão iniciadas no dia 2 de outubro e devem acontecer até durar o estoque, com entrada livre nos horários de 9h às 12h e de 13h às 16h. “O limite de compras por CPF é de mil reais. Então se a pessoa já alcançou esse valor no primeiro bazar, não poderá mais adquirir os produtos”, acrescenta Aderson Luz.


    O bazar do Ceir é uma realização da Associação Reabilitar, entidade social que administra o Centro, e resultado do Projeto Leão Amigo, apresentado a Receita Federal do Brasil para a ampliação e melhorias do Centro de Reabilitação.


    Todo o valor arrecadado na primeira edição do bazar e na loja provisória será revertido na implantação de uma academia de musculação especial à pessoa com deficiência no Ceir, na criação do Centro de Estudos da instituição, para o desenvolvimento e investimento em pesquisas científicas voltadas à reabilitação no Piauí, na instalação de elevadores de acessibilidade para os pacientes, entre outros.


    Dos produtos ainda disponíveis no estoque, estão brinquedos, perfumes, cosméticos, artigos de beleza, vestuário, utilidades domésticas e de pesca, eletrônicos, equipamentos de som automotivos, material escolar e acessórios para motociclistas. As formas de pagamento são em dinheiro, cartão de débito e cartão de crédito – com a parcela mínima de R$ 50, em até 4x, nas bandeiras Visa, Master, Elo, Dinner’s, American, Hipercard e Credishop.


    O Ceir fica localizado na Avenida Higino Cunha, nº 1515, bairro Ilhotas, zona Sul de Teresina-PI.


    Autoria: Cláudia Alves


  • Governo Estado

    Wellington Dias quer que Piauí dobre a produção de pescado

    22.09.2017 | Postado por: | 0 Comentários

    Governador compareceu ao seminário de aquicultura que acontece até o dia 22 no auditório do Sebrae, em Teresina.


    O governador Wellington Dias participou, nesta quinta-feira (21), do Seminário Piauiense de Aquicultura, evento realizado pela Secretaria de Estado do Desenvolvimento Rural (SDR), em parceria com o Serviço de Apoio às Micro e Pequenas Empresas do Piauí (Sebrae-PI). O seminário começou no dia 20 e vai até o dia 22 de setembro no auditório do Sebrae, com o objetivo de difundir e estimular a piscicultura no Piauí.


    x


    Segundo o governador, este é o mais importante encontro do setor no Piauí. “O evento nos fornece mais conhecimentos e, ao final, algumas decisões serão tomadas com a finalidade de ampliar a produção, garantir as condições de industrialização, pensando em abastecer o Piauí, o Nordeste e o mundo. Já somos o 4º maior produtor de pescados do Nordeste e nossa meta é subir para a 3ª ou 2ª posição, dobrando a produção anual. A pretensão é chegar a 40 ou 50 milhões de quilos de pescados do Piauí”, destacou.


    O evento conta com mais de 300 inscritos de seis estados do Nordeste, totalizando mais de 50 municípios. O principal objetivo é trazer novos conhecimentos e tecnologias que possam aprimorar o sistema produtivo no estado, focado na gestão, nas finanças e no manejo do pescado. A grande quantidade de pessoas interessadas demonstra todo o potencial da piscicultura, uma atividade que a cada ano ganha mais importância pelos seus resultados e pelo que vem agregando aos produtores”, afirmou o diretor técnico do Sebrae, Delano Rocha.


    Atualmente, o Piauí conta com três mil produtores espalhados por seis territórios e dez mil pessoas envolvidas em atividades de piscicultura. “O seminário reúne todos os segmentos envolvidos na cadeia produtiva da piscicultura, além de todo o aparato de pesquisa, extensão e apoio às políticas públicas. O debate é para poder aprofundar e tirar encaminhamentos concretos sobre a estruturação dessa cadeia produtiva, na qual o Governo do Estado e a câmara setorial têm colocado como prioridade para o desenvolvimento do setor”, pontuou o secretário da SDR, Francisco Limma.


     


  • Governo Estado

    Setrans vai reformar aeroportos de Bom Jesus e Picos

    22.09.2017 | Postado por: | 0 Comentários

     


    O Governo do Estado do Piauí, por meio da Secretaria de Estado dos Transportes (Setrans-PI), está intensificando as ações e investimentos na área da Aviação Civil, dentro do Programa de Aviação Regional, do Ministério dos Transportes.


    Em reunião na última quarta-feira (20), na Secretaria da Aviação Civil (SAC), em Brasília, o secretário dos Transportes, Guilhermano Pires, deu encaminhamento a dois importantes projetos no interior do estado. O primeiro em Bom Jesus, no extremo Sul do Piauí, e o segundo no Microrregião de Picos, no Sudeste piauiense.


    x


    Participaram da reunião, o coordenador do Departamento de Investimentos em Aeroportos Regionais (DIAR), Teotônio Freitag, o coordenador do Comitê Técnico de Operações Especiais (CTOE), Marcus Pires, e o coordenador de Investimentos em Infraestrutura da SAC, Neto Aquino.


    O secretário Guilhermano Pires destacou a importância das obras para o desenvolvimento da Aviação Regional no estado. “O Aeroporto de Bom Jesus está localizado em uma importante região, que se caracteriza como um dos principais polos de produção agrícola do estado. No entanto, o terminal não opera com voos regulares, em função da sua atual infraestrutura. Da mesma forma, o Aeroporto de Picos também necessita de investimentos que possam atender a demanda daquela, que é uma das regiões mais importantes, economicamente, em todo o estado.”, destacou o gestor.


    Na reunião, foram assinados os últimos protocolos para que a SAC libere o processo licitatório para a construção do Aeroporto Regional de Bom Jesus. O projeto consiste na reforma e ampliação da pista de pousos e decolagens, construção de um novo terminal de passageiros, implantação de balizamento noturno, serviços de cercamento da área patrimonial e operacional, estacionamento para veículos com 32 vagas, infraestrutura básica de rede de água, esgoto e energia elétrica, bem como aquisição de equipamentos de auxílio à navegação aérea. As obras estão orçadas em R$ 28.040.614,36, com prazo de conclusão de 540 dias, a partir da assinatura do Termo de Compromisso.


    Na oportunidade, foram aprovados, também, os estudos preliminares para o início dos procedimentos de licenciamento do Aeroporto Regional de Picos, também dentro do Plano de Desenvolvimento da Aviação Civil Regional. O projeto já teve aprovado o layout da área a ser desapropriada, sendo que o licenciamento ambiental já foi liberado pela Secretaria Estadual do Meio Ambiente do Piauí (Semar). A previsão é de que em breve a SAC envie o estudo para aprovação do projeto definitivo.


    Autoria: Ascom Setrans-PI


  • Governo Estado

    Sudarpi abre inscrições para catálogo piauiense de artesãos

    22.09.2017 | Postado por: | 0 Comentários

    A Superintendência de Desenvolvimento do Artesanato Piauiense (Sudarpi) em parceria com a Coordenadoria de Comunicação do Estado (CCOM), está com inscrições abertas para artesãos que querem inscrever trabalhos para o 1º catálogo piauiense. As peças a serem escolhidas devem estar entre as categorias de artesanato tradicional, popular, quilombola e de referência cultural e devem ser inscritas até o dia 2 de outubro.


    x


    O artesão deve possuir a carteira nacional de artesão para realizar a inscrição, além de levar cópias de RG, CPF, comprovante de residência e no mínimo cinco fotos em alta resolução de duas ou mais peças, na sede da Sudarpi. Os artesãos que residem em outros municípios além de Teresina podem enviar a documentação via correios.


    A Sudarpi nomeará uma comissão de curadores que julgarão e escolherão as peças através da análise das fotos. Os selecionados para a produção final devem fornecer de forma escrita os detalhes da obra.


    As peças devem estar dentro das seguintes categorias: artesanato tradicional, produção de origem familiar ou comunitária transmitida de geração em geração, pode ser bordado em ponto cruz, crochê, tecelagem, etc; popular, caracteriza por não ser produzida em série e não ter como objetivo principal o ganho econômico, ou seja, esculturas regionais; artesanato quilombola, que é o resultado do trabalho feito coletivamente por membros de remanescentes dos quilombos e artesanato de referência cultural, produção decorrente do desgaste ou da releitura de elementos culturais por meio da iconografia ou pelo emprego de técnicas tradicionais, como arte santeira, licores e doces e opala.


    Para maiores informações os interessados devem se dirigir a sede da Sudarpi localizada na central de artesanato mestre Dezinho ou pelo telefone: (086) 3222-5772.


    Autoria: Marisa Oliveira


     


  • Governo Estado

    Governo aplicará R$ 12 milhões em asfaltamento entre Campo Maior e Coivaras

    22.09.2017 | Postado por: | 0 Comentários

    Estado também reafirmou apoio ao festival gastronômico Sabor Maior


    O governador Wellington Dias reuniu-se com o prefeito da cidade de Campo Maior, Professor Ribinha, nesta quinta (21), e renovou o apoio estadual ao Festival Gastronômico de Campo Maior, o Sabor Maior, que este ano chega a sua sétima edição. Na oportunidade, o chefe do executivo estadual também previu avanços para a execução de R$ 12 milhões para asfaltamento da PI 215.


    x


    De acordo com Ribinha, as intervenções em asfalto via estadual, já licitadas, deverão ser executadas até o final do ano. A obra, que possui mais de 20 quilômetros de extensão, liga o município de Campo Maior a Coivaras.


    Sabor Maior


    O evento que será realizado nos dias 12, 13 e 14 de outubro, na Praça Valdir Fortes vem chamando a atenção ao apresentar as riquezas gastronômicas do norte piauiense. “O festival é uma grande oportunidade para a região de Campo Maior, inclusive um evento que já está no calendário do Estado. É um evento que traz o fortalecimento da cultura, do lazer, do turismo do município de Campo Maior como também, uma fonte de renda. Teremos várias atrações e vamos fortalecer o turismo local”, adiantou o prefeito Ribinha.


    Autoria: Valmir Macêdo


  • Governo Estado

    Governador inaugura pavimentação asfáltica no interior do estado nesta sexta (22)

    22.09.2017 | Postado por: | 0 Comentários

    Obras vão facilitar o deslocamento de moradores dos municípios de Lagoinha, Jaicós e Massapê do Piauí.


    O governador Wellington Dias inaugura, nesta sexta-feira (22), duas obras executadas pelo Departamento de Estradas de Rodagem (DER-PI) no interior do estado. Uma delas, a pavimentação asfáltica em Concreto Betuminoso Usinado a Quente (CBUQ) na Avenida 9 de Abril e na Rua Projetada n° 1, ambas no município de Alagoinha do Piauí.


    X


    Com extensão de 1.420 metros, a obra custou R$ 923.452,80 com fonte de recursos o Tesouro Estadual. “Esta obra vai possibilitar uma melhor mobilidade urbana e, consequentemente, uma melhora na qualidade de vida, permitindo acesso às localidades da cidade”, afirmou Matias Sales, gerente de Construção do DER-PI.


    Outra obra que será entregue é a restauração de 12 quilômetros da PI 461 no trecho que liga os municípios de Jaicós e Massapê do Piauí. O asfalto possui três centímetros de altura e está dentro dos padrões atuais de construção. A obra custou R$ 2.340.825,03 com recursos do Governo do Estado.


    “As duas obras demonstram as características atuais do governo Wellington que tem investido com qualidade tanto na restauração de rodovias estaduais quanto na melhoria de ruas e avenidas de cidades piauienses”, concluiu Castro Neto, diretor-geral do DER-PI.


    Autoria: Ascom DER


  • Assembléia Legislativa Piauí

    Marden Menzes comemora aprovação do passe livre para idoso

    22.09.2017 | Postado por: | 0 Comentários

    O deputado Luís Meneses (PSDB) agradeceu o apoio unânime dos colegas ao seu projeto de meia passagem para idosos nos ônibus intermunicipais, lembrando outras lutas, como a redução nas taxas do Detran e as indenizações às vítimas da barragem Algodões.


    x


    O agradecimento foi extensivo às entidades de apoio ao idoso, que compreenderam sua luta pela meia passagem nos transportes intermunicipais.O deputado Dr. Pessoa (PSD) citou em aparte o seu exemplo de idoso que sempre viaja de ônibus, como fez recentemente em visita a São Raimundo Nonato. Ele considerou importante a matéria aprovada pelo plenário da Assembleia, por ser o idoso, em sua grande maioria, uma pessoa que não dispõe de recursos financeiros para pagar uma passagem inteira.Marden Menezes disse ter sido testemunha das recentes viagens de ônibus do colega, como foi sua ida a Piripiri, quando poderia ter ido de automóvel. Repetindo os agradecimentos, Marden destacou o apoio da bancada do governo e a boa vontade do presidente Themístocles Filho, que colocou a matéria em votação no mesmo dia em que a mesma foi aprovada nas comissões técnicas da Casa.Repórter: Raimundo Caza


    O deputados estaduais Marden Meneses (PSDB) agradeceu o apoio unânime dos colegas ao seu projeto de lei que institui o passe livre para idosos no transporte coletivo intermunicipal, lembrando outras lutas, como a redução nas taxas do Detran-PI e as indenizações às vítimas da barragem Algodões.


    O agradecimento foi extensivo às entidades de apoio ao idoso, que compreenderam sua o passe livre notransporte intermunicipal.O deputado Dr. Pessoa (PSD) citou, em aparte, o seu exemplo de idoso, que sempre viaja de ônibus, como fez recentemente em visita a São Raimundo Nonato. Pessoa considera importante a matéria aprovada pelo plenário da Assembleia, porque a grande maioria das pessoas idosas não dispõem de recursos financeiros para pagar uma passagem inteira.


    Marden Menezes lembrou recentes viagens de ônibus de Dr. Pessoa, como na sua ida a Piripiri, quando poderia ter ido de automóvel. Repetindo os agradecimentos, Marden destacou o apoio da bancada do governo e a boa vontade do presidente Themístocles Filho, que colocou a matéria em votação no mesmo dia em que a mesma foi aprovada nas comissões técnicas da Casa.


    Raimundo Cazé


Parceiros