Terça-feira, 12 de Dezembro de 2017
 

Governo do Estado do Piauí

Você está em: Home > Blogs > Governo do Estado do Piauí
  • Governo Estado

    SDR entrega kit com trator a agricultores de Buriti dos Lopes. O total do investimento foi no valor de R$ 150 mil.

    21.02.2017 | Postado por: | 0 Comentários

    O secretário de Estado do Desenvolvimento Rural, Francisco Lima, entregou, no sábado (18), ao Sindicato dos Trabalhadores Rurais da cidade de Buriti dos Lopes, um kit agrícola composto por um Trator de 75 cv; uma grade aradora; uma carreta; uma batedeira de cereais e uma roçadeira hidráulica, que somam investimento total de R$ 150 mil. As chaves do trator e os equipamentos foram entregues após a assinatura do termo de comodato, na sede do sindicato.


    x


    A entrega do kit nos municípios nos quais, por demanda dos agricultores, é confirmada a necessidade dos equipamentos, visa incentivar a utilização da mecanização na agricultura familiar como estratégia de inclusão produtiva.


    Associados, agricultores e autoridades, entre as quais, a presidente da Câmara Municipal, Jaqueline Brito; o prefeito Júnior Percy; e o secretário municipal de agricultura, vereador professor Jefferson, compareceram à cerimônia de entrega.


    A agricultora Raimunda Martins disse que, há muito anos, aguardava este Francisco Limma e o presidente do sindicato, Elias Carvalho( Foto: Edna Maciel)momento. “Eu e meu marido viemos até aqui porque queremos saber do sindicato como vamos poder usar o trator e outros equipamentos na nossa plantação. Nós plantamos milho e feijão e aguardamos muito a chegada das máquinas”, comemorou a agricultora.


    O presidente do sindicato, Elias Carvalho, afirmou que o kit vai beneficiar muito os trabalhadores rurais do município e da região. “Os associados e aqueles que precisarem terão um grande incentivo na sua produção. Quanto a definição das normas para o uso dos equipamentos, serão discutidas com a diretoria de acordo com a orientação da equipe técnica da SDR. Temos que ter cuidado principalmente com a manutenção das máquinas”, destacou Elias.


    O secretário Francisco Limma ressaltou para os presentes que a organização é muito importante para que os agricultores e agricultoras melhorem a produção em seus municípios. “ Hoje, entregamos esses implementos agrícolas principalmente para o bom uso daqueles que mais precisam, mas esta conquista de vocês é resultado de discussões, reivindicações e solicitações que iniciaram aqui no sindicato. Espero que, por meio desse kit As chaves do trator e os equipamentos foram entregues após a assinatura do termo de comodato( Foto: Edna Maciel)agrícola, a produção aumente na região e a comercialização melhore. Este é o objetivo do Governo do Estado, dar condições para que, ao final, todos que trabalham arduamente nas plantações possam melhorar de vida”, concluiu o gestor.


  • Governo Estado

    Margarete participa do tradicional Zé Pereira de José de Freitas

    21.02.2017 | Postado por: | 0 Comentários

    O Governo do Estado foi parceiro do evento com ações das secretarias de Turismo e da Segurança.


    Governadoria)Os blocos, bailinhos e folias pré-carnaval acontecem por todo o Piauí. Nesse domingo (19), ocorreu mais uma edição do tradicional Zé Pereira de José de Freitas, município situado a 45 km de Teresina. A vice-governadora Margarete Coelho, entusiasta dessa festa democrática, esteve presente ao evento. Quem também prestigiou a festa foi o secretário de Estado da Segurança, Fábio Abreu.


    x


    O Zé Pereira é uma realização da Prefeitura de José de Freitas, em parceria com Governo do Estado, por meio das secretarias da Segurança e do Turismo. Blocos e bandas da região deram início à animação do evento que reuniu mais de 10 mil pessoas na Praça Pedro Freitas. Crianças, jovens e adultos marcaram presença no corredor da folia, no Centro da cidade, desfilando com mascaras, fantasias e sorriso no rosto.


    Margarete Coelho destacou que “o Zé Pereira de José de Freitas é um dos mais tradicionais do Piauí. Temos excelentes Zé Pereiras Piauí a fora, mas o de José de Freitas é tradicional com o esquenta das clássicas bandas de marchinhas de Carnaval. Todos os anos estamos aqui junto com o povo, curtindo as bandinhas, as fantasias e essa alegria que o Carnaval nos dá com tranquilidade e segurança”, disse a vice-governadora.


    Margarete Coelho prestigia Zé Pereira de José de Freitas( Foto: Ascom Vice-Governadoria)A segurança dos foliões foi reforçada e garantida pela Polícia Militar e Civil, que, neste ano, contou com mais de 150 policiais, civis e militares, designados para dar suporte ao evento.


    “Esse ano tudo foi preparado com planejamento e em parceria com o Governo do Estado, que ajudou com alguns policiais, prestando todo o apoio para que ocorra tudo dentro da tranquilidade e da normalidade. Além disso, preparamos toda uma estrutura de banheiros, acessibilidade e camarotes para melhor acomodar os visitantes”, explicou o prefeito de José de Freitas, Roger Linhares.


    Em dois dias de folia, o Zé Pereira de José de Freitas foi animado com atrações regionais e nacionais. A festa foi encerrada com a premiação para os mascarados que desfilaram pela ruas da cidade e com a apresentação das bandas Anderson Rodrigues, Avine Vinny e o É o Tchan, que finalizou a noite agitando os foliões com os sucessos dos anos 90. “Parabéns Roger Linhares, San Martin Linhares, e toda a equipe, por terem organizado o melhor Zé Pereira da história de José de Freitas”, destacou a vice-governadora.


    O senador Ciro Nogueira, a deputada federal Iracema Portella e os deputados estaduais João de Deus e Georgiano Neto também estiveram presentes à prévia carnavalesca.


  • Governo Estado

    Agespisa realiza Operação Carnaval de Norte a Sul do Piauí

    21.02.2017 | Postado por: | 0 Comentários

    O propósito é garantir o abastecimento, principalmente nas cidades com maior fluxo de turistas.


    Com o objetivo de garantir a regularidade dos sistemas de abastecimento de água e de esgotamento sanitário nas cidades litorâneas (Parnaíba, Luís Correia, Cajueiro da Praia e Ilha Grande), e em Floriano, Água Branca, José de Freitas e Barras, a Agespisa executou um plano de ações por meio da Operação Carnaval. Uma das principais medidas foi realizada em Parnaíba, com a manutenção preventiva nas subestações elétricas do sistema de captação de água bruta do Rio Igaraçu, um dos mananciais da Agespisa no litoral.


    x


    Segundo o engenheiro Moacyr Gayoso, superintendente operacional da Agespisa, outra medida da Operação Carnaval foi a limpeza da rede coletora de esgoto e da estação coletora, situadas na orla de Luís Correia. Além disso, a empresa instalou um grupo gerador no Poço de Visita (PV), que faz parte do sistema de esgoto da praia – Bar do 70.


    Em Parnaíba, o conjunto de bombas de água tratada da Estação de Tratamento I foi recuperado. Esse sistema é responsável por bombear água para Luís Correia e praia do Coqueiro. Outra ação importante da Agespisa foi a aquisição de um conjunto reserva para a captação no sistema de bateria de poços de Cajueiro da Praia, onde está localizada uma das praias mais movimentadas do litoral piauiense, Barra Grande, povoado Barrinha.


    A produção de água da Agespisa em Parnaíba é de 43,2 milhões de litros por dia.


    Outras cidades


    A Operação Carnaval da Agespisa executou ações também em outras cidades do estado, conhecidas por receber um número grande de foliões nesse período. Em Floriano, por exemplo, foi feito serviço de manutenção no sistema de captação de água bruta e na Estação de Tratamento de Água (ETA).


    Em Barras, ao Norte do estado, o sistema recebeu um serviço de manutenção preventiva. Nas cidades de Água Branca e José de Freitas, a Operação Carnaval realizou manutenção nos poços tubulares.


    Atendimento 24 horas


    Um plantão especial estará disponível para atendimento dos clientes e turistas. As solicitações e reclamações podem ser feitas pelo telefone 0800 086 8888, que funciona durante 24 horas, de segunda a segunda, inclusive nos feriados. A ligação é gratuita também de telefones celulares.


    Medidas adotadas pela Agespisa durante a Operação Carnaval


    – Medidas já adotadas: Montagem de conjunto de captação de água bruta no rio Igaraçu;



    1. Recuperação de conjunto de recalque de água tratada da ETA I de Parnaíba que bombeia água para Luís Correia / Coqueiro;

    2. Recuperação de equipamentos de distribuição de água tratada do sistema de abastecimento de Parnaíba, no bairro Piauí, ETA I, ETA III e ETA IV;

    3. Limpeza da rede coletora de esgoto e da estação coletora situada na orla de Luís Correia;

    4. Recuperação dos registros de manobras nas ETA I, ETA III e ETA IV;

    5. Recuperação do grupo gerador de Luís Correia e de Barra Grande;

    6. Colocação de grupo gerador no PV da praia (Bar do 70);

    7. Compra de conjunto reserva para captação no sistema de bateria de poços de Cajueiro da Praia/Barra Grande (Barrinha);

    8. Manutenção na captação de água bruta e ETA de Floriano;

    9. Manutenção preventiva em Barras;

    10. Manutenção nos poços de Água Branca e José de Freitas.


    – Medidas preventivas:



    1. Deslocar equipe de manutenção preventiva e corretiva para os sistemas de Parnaíba (Luís Correia/ Coqueiro/ Barra Grande/ Ilha Grande), Água Branca e Barras e José de Freitas;



    1. Encaminhar os seguintes equipamentos visando o funcionamento eficaz dos sistemas de água e esgoto no litoral:


    1 conjunto de reserva para a captação de água bruta;


    1 conjunto de reserva para a captação de água tratada;


    2 conjuntos de reserva para captação no sistema de bateria de poços de Cajueiro da Praia (Barrinha);


    Grupo gerador para o sistema de bateria de poços em Barra Grande;


    Grupo gerador para bombeamento de água de Luís Correia para Peito de Moça e Coqueiro;


    Caminhão para a limpeza da rede coletora de esgoto;


    Equipe em Parnaíba e cidades vizinhas;



    1. Realizar manobras em registros assegurando a boa distribuição de água em Parnaíba e Luís Correia/ Peito de Moça /Coqueiro.


  • Governo Estado

    Cepro divulga IDHM dos municípios piauienses

    21.02.2017 | Postado por: | 0 Comentários

    O estudo revela o comportamento dos 224 municípios do Piauí nos territórios de desenvolvimento em 2010.


    A Fundação Cepro divulgou, nesta segunda-feira (20), o Índice de Desenvolvimento Humano (IDHM) dos municípios do Piauí, por território de desenvolvimento.


    O estudo viabiliza a comparação entre os municípios ao longo do tempo (1991/2000/2010), destacando suas semelhanças e diferenças, além de estimular os gestores de políticas públicas municipais a priorizar a melhoria de vida das pessoas em suas ações e decisões.


    x


    O IDHM incorpora as três dimensões do IDH Global (renda, longevidade e educação), entretanto, alguns indicadores foram substituídos para avaliar as condições de núcleos sociais menores. O IDHM de cada município resulta da média geométrica das três dimensões.


    O Piauí, no ranking dos estados, ocupava, em 1991, a 27ª posição; em 2000, alcançou a 25ª, melhor posicionado em relação aos estados do Maranhão e Alagoas. Em 2010, atingiu a 24ª posição, encontrando-se no mesmo patamar do Pará e permanecendo na frente do estado do Maranhão e Alagoas.


    Segundo o presidente da Cepro, Antônio José Medeiros, há duas décadas o IDHM se afirmou como um indicador bastante significativo, porque além de incorporar a dimensão do crescimento econômico, incorpora duas outras dimensões, a educação e a saúde, como os setores que mais refletem o bem-estar social de uma comunidade.


    “É muito importante fazer um acompanhamento, não só como diagnóstico da situação, mas também como um subsídio para se direcionar e intensificar as políticas públicas. Está muito claro, por exemplo, que o indicador saúde no IDHM tem um bom desempenho, porque ele se baseia mais na política de saúde preventiva comunitária do que no atendimento hospitalar e ambulatorial, em contrapartida, o indicador educação tem muitos problemas, o que serve de alerta para os gestores”, explicou o presidente.


    Medeiros também destaca a educação como prioridade para o crescimento do IDHM. “Se nós queremos melhorar o IDHM, temos que prestar mais atenção ao desempenho da educação e perceber que não é só o atendimento das crianças em idade escolar que precisa crescer, mas também a recuperação da escolaridade dos adultos, que não tiveram a oportunidade de estudar na idade certa”, conclui Medeiros.


    O estudo revela o comportamento do IDHM dos 224 municípios piauienses, nos territórios de desenvolvimento em 2010 e destaca seis municípios que ainda apresentam um nível muito baixo de desenvolvimento humano: três localizados na Planície Litorânea (Caxingó, Cocal e Cocal dos Alves), e mais três localizados nos territórios Carnaubais (Assunção do Piauí), Chapada Vale do Itaim (Betânia do Piauí) e Vale do Canindé (São Francisco de Assis do Piauí).


    Por outro lado, dois municípios têm IDHM alto: a capital Teresina, no território de desenvolvimento Entre Rios, e Floriano, no território de desenvolvimento Vale dos Rios Piauí e Itaueira.


    Quarenta municípios (17%) são detentores de nível médio de desenvolvimento humano e 176 cidades (78,5%) têm nível baixo de IDHM, distribuídos por todos os territórios de desenvolvimento.O estudo do IDHM dos municípios do Piauí será o primeiro de uma série e, a cada ano, terá os indicadores atualizados pela Fundação Cepro, tendo como propósito entender melhor e, objetivamente, os rumos trilhados por esses espaços geopolíticos e buscar estratégias de longo prazo para o desenvolvimento humano.


     


     


  • Governo Estado

    Pesquisa mostra que 84% dos piauienses sentem orgulho de viver no Piauí 54% acreditam que a vida no Piauí tende a melhorar a cada ano

    21.02.2017 | Postado por: | 0 Comentários

    Mais de 84% dos piauienses ou dos que moram no estado sentem orgulho e gostam de viver no Piauí. É o que mostra a pesquisa feita pelo Instituto Piauiense de Opinião Pública. A amostragem foi realizada com 1.137 eleitores distribuídos em 47 municípios, no final de 2016 e foi divulgada agora.


    Orgulho de ser Piauiense( Foto: Francisco Leal)Dentre os motivos pelos quais as pessoas têm orgulho de viver no Piauí, estão o seu povo; a segurança, a tranquilidade; as belezas e patrimônios naturais e históricos; educação; saúde; riquezas; desenvolvimento; geração de trabalho e renda. A pesquisa também revela que 54, 71% da população possui boas expectativas para o futuro e acredita que a vida no Piauí tende a melhorar a cada ano.


    x


    Para confirmar os resultados dessa pesquisa, a equipe foi às ruas entrevistar algumas pessoas para conferir como elas se sentem vivendo no Piauí e o que elas acham desse resultado. Um dos entrevistados é a operadora de caixa, Kelly Silva, que nasceu e vive em Teresina. Para ela, o Piauí é uma terra de oportunidades. “Eu dependo e sempre utilizei os serviços públicos. Estudei no Liceu Piauiense e no Escolão do bairro Itararé. Também me consulto frequentemente por meio do Sistema Único de Saúde. Outro ponto relevante é que nunca fui assaltada”, disse a jovem de 26 anos.


    Segundo ela, tudo isso contribui para acreditar que o Piauí é um bom lugar para viver. Sentimento que também é compartilhado pelo autônomo Clementino Neto, que já morou no Maranhão, mas voltou para o Piauí, sua terra Natal. “Não consigo ficar longe daqui. Afinal, é aqui que tenho tudo o que preciso”, pontuou.


    Orgulho de ser Piauiense( Foto: Francisco Leal)Há ainda aqueles que não nasceram no Piauí, mas se dizem piauienses de coração. “Sou de Bacabal (MA), mas moro em Teresina há 38 anos. Gosto mesmo é desse calor de 40 graus, da receptividade do povo, de cantarolar pelas praças da cidade, de jogar conversa fora admirando o mais bonito pôr do sol. É aqui que quero viver”, destacou o músico e filósofo, José Marques.


    O coordenador de Comunicação Social do Governo do Piauí, João Rodrigues Filho, diz que a percepção da população em ver o Estado como um bom lugar para viver é composta por vários fatores. Ele argumenta que, na pesquisa, as pessoas apontam motivos dessa satisfação como o povo, a hospitalidade, as riquezas naturais, atrações turísticas, mas também, ressaltam o nível de segurança do Estado, a qualidade da saúde, a educação e o desenvolvimento.


    “Para você ter noção, a Segurança é o segundo motivo mais citado pela população como motivo para ter orgulho do Piauí, pois embora, aconteçam alguns casos de violência, somos um dos estados mais seguros do país e, além disso, os números da violência tem caído em todos os tipos de crimes, como mostrou levantamento da Secretaria de Segurança”, destacou.


    João frisa ainda que a Educação vem logo em seguida como um dos motivos para ter orgulho do Estado. Para ele, o Piauí já se tornou referência nacional em Educação e isso tem gerado orgulho para todos os piauienses. “Nossa educação, sem dúvida, é destaque em todo o Brasil. Tanto a rede particular como a pública se destacam. Temos casos de pessoas de outros estados que mudaram para cá para estudar. Isso é fantástico, pois mostra que o Piauí já tem sido visto com outro olhar.


  • Governo Estado

    Formada lista tríplice para o cargo de defensor público geral do Piauí

    21.02.2017 | Postado por: | 0 Comentários



    Foi encerrada às 15h desta segunda-feira (20) a votação que definiu a lista tríplice com os candidatos ao cargo de defensor público geral do Estado do Piauí. O resultado apontou a defensora pública Francisca Hildeth Leal Evangelista Nunes, com 97 votos, o que corresponde a 90% do total de votantes; o defensor público Ulisses Brasil Lustosa com 27 votos e o defensor público Reginaldo Correia Moreira com 24 votos. Dos 116 Defensores Públicos aptos a votar, 108 compareceram ao pleito.


    A apuração foi realizada pela Comissão Eleitoral presidida pelo defensor público Roberto Gonçalves de Freitas Filho. Os trabalhos forma iniciados logo após encerrada a votação, às 15h desta segunda-feira.


    A votação iniciou às 8h, foi realizada no Núcleo Central da DPE-PI e coordenado pela Comissão Eleitoral, que além do presidente, Roberto Freitas Filho,  é composta pelos defensores públicos Crisanto Alves Pimentel, Eliza da Cruz Ramos Arcoverde, Luís Alvino Marques Pereira e Paula Batista da Silva.


    Segundo Roberto Freitas Filho, a eleição aconteceu de forma democrática com a participação efetiva dos defensores públicos com atuação tanto da capital como do interior do Estado, que procederam a grandes deslocamentos para cumprir seu dever cívico e institucional. Nessa oportunidade, escolheram livremente as candidaturas que desejavam para a composição da Lista Tríplice a ser encaminhada ao Governador do Estado. Aproveito para cumprimentar todos os membros da Comissão assim como os integrantes da Mesa Receptor e Apuradora, bem como a todos os defensores públicos que participaram desse pleito democrático. O presidente disse ainda que o processo eleitoral transcorreu em plena normalidade, dentro da observância das normas disciplinares do certame.


    O defensor público geral em exercício, Erisvaldo Marques dos Reis declarou-se satisfeito com a condução do processo eleitoral. “Tudo transcorreu dentro da mais perfeita normalidade e quero aqui agradecer à Comissão Eleitoral que, nomeada, aceitou de pronto o convite para trabalhar nesta eleição desempenhando a atividade com todo o zelo necessário. Agradeço também a todos os defensores públicos que compareceram a Defensoria hoje para votar. Independente do resultado parabenizo aos três candidatos pela forma como se deu o processo democrático da eleição”, disse.


    A partir de agora a Defensoria Pública tem o prazo de 5 dias úteis para encaminhar a Lista tríplice ao governador Wellington Dias, que por sua vez terá um prazo de 15 dias para escolher um dos componentes para ocupar o cargo de Defensor Público Geral do Estado para o Biênio 2017/2019.


    Caso o governador não efetive a nomeação do defensor público geral no prazo de 15 dias do recebimento da lista tríplice, o defensor público mais votado por seus pares será investido automaticamente no cargo.

    Lista tríplice será encaminhada ao governador (Foto:Lázaro Lemos)



  • Governo Estado

    Wellington Dias trata de subconcessão da Agespisa no TCE

    21.02.2017 | Postado por: | 0 Comentários

    Para o governador, será necessário um investimento de R$ 4,7 bilhões para que, em 10 anos, o fornecimento de água seja universalizado.


    O governador Wellington Dias reuniu-se, na manhã desta segunda-feira (20), com o presidente do Tribunal, Olavo Rebelo e todos os conselheiros no Tribunal de Contas do Estado (TCE) para tratar sobre a subconcessão da Agespisa. Por recomendação do TCE, a licitação dos serviços de abastecimento de água, esgoto e saneamento teve o seu andamento suspenso.


    x


    Segundo Wellington, o sistema de esgotamento precisa de investimentos. “Não é só Teresina, temos que cuidar de todo o estado. Esse é um processo integrado, com três níveis. O primeiro contempla as cidades maiores, outro as cidades médias e ainda um para as cidades e comunidades menores”, pontuou o chefe do executivo.


    Para o governador, será necessário um investimento de R$ 4,7 bilhões para que, em 10 anos, o fornecimento de água seja universalizado. “Isso só é possível por meio de Parceria Público Privada. Não temos outra alternativa, nem pelo estado, nem empréstimos ou pelo Governo Federal. Estamos tocando uma carteira de obras que estava em andamento e adiante serão feitas a partir dessa modelagem”, disse.


    Wellington Dias pediu agilidade no processo. “Respeitaremos qualquer resultado do TCE, mas faço um apelo e acredito que darão agilidade, claro que respeitando o tempo dos procedimentos e dentro da legalidade, para que assim tenhamos menos riscos para o sistema e melhores condições para garantir os investimentos em obras para levar água e saneamento à população”, finalizou.


  • Governo Estado

    Piauí Conectado vai modernizar e integrar a máquina pública Projeto de tecnologia foi apresentado pelo governodor para entidades públicas e privadas.

    21.02.2017 | Postado por: | 0 Comentários

    O projeto Piauí Conectado foi apresentado pelo governador Wellington Dias, nesta segunda-feira (20), para entidades públicas e privadas. Através do programa que visa modernizar tecnologicamente o estado será construído uma rede de dados com capacidade para melhorar a qualidade de diversos serviços prestados pelo Governo, entre eles a universalização do ensino à distância, a telemedicina, a telessegurança, pontos de wifi livre, todos com custo menor que o praticado atualmente, gerando economia para o estado.


    x


    Para o governador Wellington Dias, o projeto integrará o Piauí de forma moderna e eficiente. “O Piauí Conectado significa um avanço para o setor privado, setor de serviços, comércio, turismo, indústria e para o setor público com a telemedicina podendo fazer exame num local, transmitir por imagem a outro e rapidamente se ter o resultado, poder até fazer uma cirurgia com orientação médica online, o projeto nos dará condições de chegar com aulas tanto para o ensino profissional como para o superior em locais onde hoje não chegamos com professores, vai nos garantir maior segurança com câmeras de monitoramento ligadas a esse sistema, evitaremos violência e situações criminais, todos os setores públicos e privados serão beneficiados”, disse.


    Reformulado, o projeto contará com investimento público-privado que permitirá a construção da infraestrutura bem como sua operacionalização, monitoramento e manutenção. “O investimento deixa de ser feito apenas pelo governo por termos o setor privado apostando e acreditando no estado”, disse Avelyno Medeiros, diretor-geral da Agência de Tecnologia da Informação – ATI.


    O Piauí Conectado passará por 98 cidades, contemplando a população com mais de 5 mil quilômetros de fibra ótica. Os municípios que não puderem ser atendidos com cabeamento ótico contarão com outras tecnologias como rádio e satélite. “Isso vai movimentar a economia, principalmente dos pequenos municípios, com a criação de novos provedores de internet, a iniciativa privada vai investir no projeto e o vencedor poderá explorar esse serviço no estado, o que possibilitará o desenvolvimento das cidades em diversas áreas como a educação, o comércio, a saúde”, comenta.


    Atualmente, a rede do estado conta com cerca de 616 pontos de conexão nas unidades administrativas. Com a implantação do Piauí Conectado o total praticamente triplica, passando para 1500 pontos. “O menor link que o estado possui hoje é de 128Kbps, com o projeto o menor será de 10 mega, ou seja, uma melhoria de cem vezes em termos de velocidade”, fala Avelyno.


    Até o dia 24 de março o projeto Piauí Conectado permanecerá em fase de consulta pública, podendo os interessados acessar dados do programa no site www.ppp.pi.gov.br. Para o dia 20 de março está prevista uma audiência pública realizada no auditório da Agência de Tecnologia, localizada no Centro Administrativo.


  • Governo Estado

    Detentos do Piauí se preparam para o Enem As provas do Exame Nacional do Ensino Médio para Pessoas Privadas de Liberdade acontecem nos dias 13 e 14 deste mês.

    14.12.2016 | Postado por: | 0 Comentários

    Aconteceu, neste sábado (10), na Casa de Custódia de Teresina, a última revisão do conteúdo programático do Exame Nacional do Ensino Médio para Pessoas Privadas de Liberdade 2016 (Enem PPL).Participaram da revisão 70 detentos das penitenciárias Irmão Guido, Feminina de Teresina, Colônia Agrícola Major César Oliveira, Casa de Detenção de Altos e da Casa de Custódia.Ao todo, o Governo do Estado, através das secretarias de Educação e de Justiça do Piauí, inscreveu, neste ano, 478 detentos – mais que o dobro de internos inscritos em 2015 (223).”O Piauí é um dos estados que mais avançam no Enem e na implementação de programas educacionais no sistema prisional”, afirma o secretário de Justiça do Estado, Daniel Oliveira.Na revisão, foram ministradas seis disciplinas: Biologia, Redação, Matemática, Linguagens, Química e Física.


    x


    As provas acontecerão nos dias 13 e 14 de dezembro, nas próprias unidades prisionais.A secretária de Educação, Rejane Dias, fala da missão de levar educação para as pessoas privadas de liberdade dentro dos presídios, de modo que se alcance, efetivamente, a ressocialização.”É através da educação que essas pessoas poderão contemplar a verdadeira transformação, ao vislumbrarem uma nova perspectiva de vida, baseada no amadurecimento intelectual”, pontua.No dia 3 de dezembro, a revisão para o Enem PPL aconteceu na Penitenciária Mista de Parnaíba. Outras unidades estão tendo aulas sobre o conteúdo do Exame através do Canal Educação.Esta é a terceira revisão do Exame Nacional do Ensino Médio para Pessoas Privadas de Liberdade realizada, no ano, no sistema penitenciário do Piauí, a quarta realizada de 2015 para cá.Atualmente, existem cerca de 930 detentos no Piauí matriculados na Educação de Jovens e Adultos, Brasil Alfabetizado e Canal Educação – seis vezes mais do que em janeiro de 2015 (164 detentos estudando).


  • Governo Estado

    Secretário de Desenvolvimento Rural recebe título de Amigo da Ovinocaprinocultura

    14.12.2016 | Postado por: | 0 Comentários

    O secretário do Desenvolvimento Rural, Francisco Limma, foi homenageado pela Associação Piauiense de Criadores de Caprinos e ovinos (Apiccov), juntamente como outras autoridades, como Amigo da Ovinocaprinocultura, nesse sábado (10), durante a 66° Expoapi, no Tatersal do Parque de Exposições. A homenagem foi concedida pelos serviços prestados ao setor de ovinocaprinocultura do Estado do Piauí.


    x


    O presidente da Apiccov, Carlos Augusto, falou da homenagem ao secretário e agradeceu o apoio deste ao setor. “A homenagem que prestamos ao secretário e deputado Limma, se dá pela afinidade que ele tem com a agricultura, com o agronegócio. Por isso, resolvemos outorgar a ele uma comenda de Amigo da Ovinocaprinocultura, por tudo que ele vem realizando”, declarou.


    A entrega da comenda ao secretário foi feita por Arlindo Ivo, presidente da Associação Brasileira dos Criadores de Caprino.


    Francisco Limma agradeceu a homenagem e ressaltou que continuará fazendo o possível para melhorar cada vez mais o setor de ovinocaprinocultura do Estado. “A ovinocaprinocultura tem uma grande importância no Piauí. São quase três milhões de animais em todo o Estado. Sou muito grato aos amigos pela homenagem e à Apiccovi pelo trabalho realizado nesse setor tão importante para o desenvolvimento do Piauí”, ressaltou o gestor da SDR.


     


     


Parceiros