Terça-feira, 12 de Dezembro de 2017
 

Governo do Estado do Piauí

Você está em: Home > Blogs > Governo do Estado do Piauí
  • Governo Estado

    Banco Mundial e SDR discutem planejamento do Progere no Piauí

    18.09.2016 | Postado por: | 0 Comentários

    Os consultores do Banco Mundial passaram três dias no Piauí, de 13 a 15 de setembro, quando trataram da preparação para operacionalização do Programa Estadual de Geração de Emprego e Renda (Progere II), que inclui a organização das tarefas e atividades que vão ser desenvolvidas para o início dos financiamentos de projetos produtivos do campo no Piauí.


    x


    Participaram das reuniões, durante a semana, representantes da Secretaria de Estado do Planejamento (Seplan), Fundação Cepro, Secretaria de Estado do Desenvolvimento Rural (SDR) e Agência de Tecnologia da Informação do Estado do Piauí (ATI), com objetivo de realizar o estudo de linhas de base, considerado marco zero para definir as famílias que serão beneficiadas pelo programa e desenvolver o Sistema de Monitoramento das Obras e Ações Estratégicas do Governo (Simo), que também vai avaliar as ações que estão sendo realizadas durante todas as etapas, baseado num sistema que já é utilizado no Rio Grande do Norte.


    Também ficou decidido, nesses encontros, a estruturação das equipes que vão trabalhar, por meio dos escritórios do Emater, no Território dos Cocais, em Esperantina; Carnaubais, em Campo Maior; e Entre Rios, em Teresina. Alguns técnicos vão exercer atividades com exclusividade ao programa e outros virão de outros órgãos que vão dar o apoio necessário.


    “Demos continuidade às ferramentas principais usadas pelo Progere, como o Sistema Sigma, da composição da equipe tanto na Unidade de Gestão do Programa (UGP), como nas 3 regionais, e também pensamos como vai se organizar a primeira parte do projeto, suporte em termos de organização. Trabalho muito colaborativo, tudo indica que cumpriremos a meta até o final do ano”, comentou o consultor do Banco Mundial, Manuel Baili.


    Será definido, no primeiro momento, atuar com 12 projetos piloto que vão gerar cerca de R$ 150 mil cada, um deles nas cadeias produtivas que são mais fortes nessas regiões, como apicultura, quintais produtivos, mandioca, caju, ovino e artesanato. Extrativismo e artes não são necessariamente agrícola, mas apoiados terão retorno. Todos serão divulgados e, até o final de 2016, teremos um leque maior de atendimento”, concluiu o consultor, acrescentando que as associações, federações e outros parceiros serão visitados e vão tomar conhecimento até o final do ano para prestar um melhor atendimento.


  • Governo Estado

    Calor aumenta a venda de frutas na Ceapi

    18.09.2016 | Postado por: | 0 Comentários

    A venda de frutas no local cresceu cerca de 20%, comparado ao mês anterior, e 7% se comparado ao mesmo período do ano passado.


    As altas temperaturas registradas em Teresina refletiram no aumento das vendas de frutas na Central de Abastecimento do Piauí (Ceapi). Segundo relatório da Diretoria Técnica de Mercado do entreposto, divulgado na tarde desta sexta-feira (16), a venda de frutas no local cresceu cerca de 20%, comparado ao mês anterior, e 7% se comparado ao mesmo período do ano passado. Coco verde, laranja, melão, melancia, uva e abacaxi são as frutas ricas em água mais preferidas dos clientes do mercado.


    x


    A dona de casa Antônia do Carmo Gomes disse que está caprichando nas compras de frutas. “Compro frutas semanalmente e, nos últimos dias, estou comprando um pouco mais devido ao calor e necessidade de se hidratar mais. Levei um saco de laranja com vinte unidades e uma melancia por causa mesmo do calor. Precisamos beber muita água e dar preferência a frutas ricas em água”, conta Antônia.


    Segundo a permissionária Luzinete Oliveira, a fruta mais vendida nesta época do ano é a laranja. “Geralmente, a fruta que mais vendemos é a banana, mas quando chega o B-R-O-Bró, as vendas da laranja se destacam, depois dela vem o coco verde. A transpiração do corpo devido ao calor e isso pode levar à desidratação, afetando o funcionamento do corpo e podendo deixar o organismo vulnerável a doenças”, disse a feirante.


    A Central de Abastecimento do Piauí (Ceapi) funciona das 3h às 15h, de segunda a sábado, e está situado na Av. Henry Wall de Carvalho, número 5000, bairro Tabuleta. O mercado conta com 870 permissionários que se distribuem nos dez galpões de comercialização do entreposto.


  • Governo Estado

    Defensoria realiza Força-Tarefa na Casa de Detenção de Altos

    18.09.2016 | Postado por: | 0 Comentários

    A Defensoria Pública do Estado do Piauí realizou, nessa sexta-feira (16), atendimento presencial aos presos da Casa de Detenção de Altos. A atividade faz parte do Projeto Força-Tarefa que a DPE-PI já realizou nas penitenciárias Irmão Guido, Feminina e na Casa de Custódia José Ribamar Leite. Participaram da ação os defensores públicos, Erisvaldo Marques dos Reis, subdefensor público-geral; João Batista Viana do Lago Neto, titular da 6ª Defensoria Pública Criminal e presidente da Assoiciação Piauiense de Defensores Públicos; e Juliano de Oliveira Leonel, coordenador de Atendimento ao Preso Provisório e titular da 2ª Defensoria Pública de Atendimento ao Preso Provisório.


    x


    A ação na Casa de Detenção de Altos iniciou na semana passada e seguiu as mesmas regras estabelecidas pela Força-Tarefa, primeiro realizando a análise dos processos, em seguida sendo tomadas as providências cabíveis e a terceira etapa com o atendimento presencial, quando os detentos são inteirados da situação em que se encontram seus processos.


    “A Casa de Detenção de Altos não padece de alguns vícios que outras unidades prisionais do Piauí, como, por exemplo, a superlotação. Na Casa de Detenção não tem esse problema. Os 130 presos do local estão bem alojados, inclusive com casos de celas individuais como determina a Lei de Execução Penal, consequentemente, ficam reduzidos os riscos de rebelião, motins, mortes e fugas”, diz João Batista Viana.


    O defensor explica também como se dá a ação. “A metodologia desse trabalho passa por etapas. O que a Defensoria faz é se debruçar sobre a situação processual de cada preso, identificando as possíveis falhas e tomando as medidas cabíveis para crivo do Poder Judiciário que é a quem cabe decidir. Com o atendimento que fazemos,  cumprimos o direito do detento de ser informado da sua situação processual e das medidas que serão tomadas. Importante destacar que nem sempre os pedidos são acatados. Para entender esse trabalho, a sociedade precisa estar ciente que, mesmo tendo cometido um crime, o homem é um sujeito de direitos, o único que pode ser cerceado é o da liberdade. Portanto, se há algum excesso, a Defensoria não pode se afastar de sua missão e tomar as medidas cabíveis”, afirma o titular da 6ª Defensoria Pública Criminal.


    O subsecretário de Justiça do Piauí, Carlos Edilson Sousa, destaca que a parceria entra a Secretaria de Estado da Justiça (Sejus) e a Defensoria Pública do Estado (DPE) “representa um avanço no tocante à diretriz de garantir assistência jurídica às pessoas privadas de liberdade nos presídios, vislumbrar mecanismos que possam colaborar no sentido de solucionar problemas como a superlotação no sistema prisional e assegurar a contemplação dos direitos humanos”.


  • Governo Estado

    Governo autoriza pavimentação de ruas em Canto do Buriti

    17.09.2016 | Postado por: | 0 Comentários

    A cidade foi contemplada com 5.310 metros de extensão de asfalto.


    Solenidade de autorização de pavimentação de ruas de Canto do Buriti (Foto:Paulo Barros)


    Solenidade de autorização de pavimentação de ruas de Canto do Buriti( Foto: Paulo Barros)


    A secretária de Estado da Educação, Rejane Dias, representando o governador Wellington Dias, participou da solenidade de assinatura de ordem de serviço para início das obras de pavimentação asfáltica em Canto do Buriti. A cidade foi contemplada com 5.310m de extensão de asfalto. Diversas ruas do município receberão pavimentação em concreto betuminoso usinado à quente (CBUQ).


    Na oportunidade, a gestora destacou a importância da obra. “Anunciar o asfaltamento dessa cidade é motivo de muita alegria, pois essa é uma obra que impacta diretamente a vida das pessoas e torna a cidade um lugar com mais acessível”, disse Rejane Dias.


    O diretor do Departamento de Estradas de Rodagem do Piauí (DER), José Dias, ressaltou o compromisso do governador Wellington Dias com a cidade. “Estamos aqui cumprindo mais uma determinação do governador que é trazer mais benefício para a população”, completou o diretor, afirmando que a obra está orçada em aproximadamente R$ 1.133.000.


    Solenidade de autorização de pavimentação de ruas de Canto do Buriti( Foto: Paulo Barros)


    Para a professora Reginalra Oliveira, essa obra é muito importante para a cidade. “Uma ação como esta é de fundamental importância, pois as nossas ruas estão muito deterioradas e, com o asfaltamento, o nosso trajeto vai melhorar bastante”, comenta a docente.


    Além da secretária Rejane Dias, participaram da solenidade o diretor do DER, José Dias; o secretário da Justiça, Daniel Oliveira; o secretário de Inclusão da Pessoa com Deficiência, Mauro Eduardo; o deputado estadual Hélio Oliveira e a comunidade do município.


    Mais ações


    Rejane Dias anunciou que será implantada uma escola técnica profissionalizante modelo FNDE, em Canto do Buriti. A obra será realizada com recursos do Banco Mundial. ” Vamos proporcionar, com essa escola, o ensino integrado, que é o ensino médio com o ensino profissionalizante. Essa escola beneficiará toda a região”, ressaltou a secretária.


    Solenidade de autorização de pavimentação de ruas de Canto do Buriti( Foto: Paulo Barros)


    Ainda, segundo Rejane, a cidade possui polo da Universidade Aberta do Brasil (UAB) e a continuidade dos cursos será assegurada.


    Enquanto deputada federal, Rejane Dias destinou uma emenda para a recuperação do Centro de Fisioterapia de Canto do Buriti. “Sabemos da importância de um centro como este para as pessoas com deficiência, idosos e qualquer pessoa que precise de um atendimento de reabilitação. Queremos que esse tipo de atendimento de saúde possa ser feito de forma descentralizada”, finaliza a secretária.


  • Governo Estado

    CSN priorizará retomada da Transnordestina no Piaui

    17.09.2016 | Postado por: | 0 Comentários

    O governador Wellington Dias tratou do assunto com o presidente da CSN, Benjamin Steinbruch.


    O trecho da Transnordestina no Piauí será priorizado na retomada de obras da ferrovia, garantiu o presidente da Companhia Siderúrgica Nacional (CSN), Benjamin Steinbruch, durante reunião com o governador Wellington Dias, nessa quinta-feira (15), em São Paulo. O presidente informou que já existe R$ 1,248 bilhão destinado para a retomada das obras, aguardando apenas a liberação, sendo que R$ 850 milhões são do Fundo de Desenvolvimento do Nordeste (FDNE), R$ 365 milhões do Fundo de Investimentos do Nordeste (Finor) e mais R$ 33,5 milhões da empresa pública Valec Engenharia, Construções e Ferrovias S.A.


    Steinbruch disse que, mediante a liberação do recurso, todos os trabalhadores serão recontratados e o trecho piauiense será priorizado. “Queremos finalizar logo as obras no território piauiense, ligando o município de Eliseu Martins ao Ceará, para garantir que a ferrovia já possa ser utilizada no escoamento da produção agrícola e de minérios. Nossa previsão é que essa parte seja concluída no primeiro semestre de 2018. Logo depois iremos focar a obra no trecho do Ceará e Pernambuco”, declarou o presidente.


    Um cálculo feito pela CSN e pela Transnordestina Logística S.A. estima que sejam precisos R$ 120 milhões por mês para dar andamento à obra. Wellington se comprometeu em unir forças com o governador do Ceará, Camilo Santana, para irem ao congresso articular a liberação dos recursos. “Irei me articular com o governador do Ceará para, junto com a bancada em Brasília, conseguirmos acelerar a liberação desses recursos. Essa obra representa muito para nosso estado, tanto pelo desenvolvimento logístico quanto pela geração de emprego e renda. Irei fazer tudo que for possível para que ela volte a operar”, assegurou Dias.


    A Transnordestina é a maior obra brasileira em construção e irá ligar o município piauiense de Eliseu Martins aos portos de Pecém, no Ceará, e Suape, em Pernambuco. A malha ferroviária é de 1.753 quilômetros, passando por 81 municípios em três estados diferentes. Ao longo do trajeto, terão 300 pontes e viadutos. Quando concluída, terá a capacidade de transportar 30 milhões de toneladas por ano, beneficiando cerca de 500 mil pessoas da região.


  • Governo Estado

    Seis e Meia leva Fafá de Belém a três cidades do Piauí

    17.09.2016 | Postado por: | 0 Comentários

    Além de Teresina, o projeto Seis e Meia vai levar o show da cantora Fafá de Belém a mais duas cidades do Piauí: Floriano e Oeiras. A apresentação, que comemora os 40 anos de carreira da artista, será nos dias 20 de setembro, no Espaço Cultural Maria Bonita, em


  • Governo Estado

    Detran recebe crianças para ação de educação no trânsito

    17.09.2016 | Postado por: | 0 Comentários

    A Escola Piauiense de Trânsito recebeu alunos da CMEI Tia Mônica Teixeira para realização de atividades sobre educação no trânsito.


    O Departamento Estadual de Trânsito do Piauí (Detran-PI), por meio da Escola Piauiense de Trânsito (EPT), recebeu, nesta sexta-feira (16), alunos entre 4 e 5 anos de idade do Centro Municipal de Educação Infantil (CMEI) Tia Mônica Teixeira para realização de atividades sobre educação no trânsito.


    As crianças foram recebidas na sede do órgão, onde a EPT funciona. Uma equipe de educadores preparou um pequeno circuito simulando o trânsito, com placas de sinalização, semáforos e faixas de pedestre para que os alunos pudessem colocar em prática o que vinham aprendendo em sala de aula.


    “Eles concretizaram a forma correta de se comportar no trânsito, como: ao atravessar a faixa de segurança prestando atenção ao semáforo. Isso é importante porque algumas vezes os pais chegam a comentar com a gente que a criança, ás vezes, chega a repassar isso para os adultos da família”, comentou a diretora da CMEI Tia Mônica, Reijaneide Natália de Sousa Silva.


    A educadora infantil informou que as crianças tiveram um contato anterior, em sala de aula, com a educação no trânsito. “Temos um projeto colocado pela secretaria da Educação, neste mês é justamente o mês da semana do trânsito, então como estamos trabalhando essa temática, seria importante que, além da teoria, eles tivessem o contato com essa parte mais prática e aí tivemos o contato com o Detran para trazê-los aqui”, pontuou.


    A diretora da EPT, Larissa Caldas, afirma que além de ações envolvendo os condutores de veículos, ciclistas e pedestres, é preciso trabalhar também com as crianças. “Eles são futuros condutores e é importante começar com a educação infantil, principalmente, para que eles também possam conscientizar os pais”, explicou.


    Além do circuito, os alunos participaram de uma série de atividades pensadas especificamente para eles. “Foi um momento muito produtivo e criativo. Trabalhamos com a conscientização com relação à faixa de pedestre e os dispositivos de segurança, como a cadeirinha e o uso do capacete. Isso foi feito de forma dinâmica com vídeos, músicas e muita brincadeira”, finalizou a diretora da EPT.


  • Governo Estado

    Potencial econômico do Piauí chama a atenção de japoneses

    17.09.2016 | Postado por: | 0 Comentários

    O governador Wellington Dias disse que o encontro foi melhor do que o esperado.


    Empresários e investidores japoneses ficaram impressionados com as potencialidades piauienses apresentadas nesta sexta (16), durante evento realizado pela Câmara de Comércio e Indústria Japonesa do Brasil em parceria com o Governo do Piauí. O presidente da Câmara do Comércio Japão/Brasil, Aiichiro Matsunaga, disse que foi fantástica a apresentação feita pelo governador Wellington Dias e que isso fez ele mudar a concepção que ele tinha sobre o Piauí.


    “O Piauí não é um dos maiores estados do Brasil, mas é cheio de oportunidades. Fiquei impressionado com tudo que o Piauí tem realizado. Vejo as transformações que estão acontecendo no Piauí e me lembro do que aconteceu em Singapura, que era um local que investiu com planejamento e se tornou bastante desenvolvido. O vídeo e tudo que o governador mostrou destacou que o Piauí é fantástico”, declarou Matsunaga. “Tive que rever todas as minhas concepções sobre o Piauí. Estou impressionado e vamos sim formular uma missão e uma delegação empresarial para visitar esse estado. Vamos fortalecer as relações entre Brasil e Japão, através das relações com o Piauí”, complementou.


    Governador e empresários piauienses participam de evento da Câmara de Comércio do Japão(


    O governador Wellington Dias disse que o encontro foi melhor do que o esperado. “Viemos apresentar as oportunidades e possibilidades de negócio existentes no Piauí e já saímos daqui com algumas ações encaminhadas. Os investidores ficaram interessados e vamos preparar todo um plano de negócio para que eles efetivem os empreendimentos. Já marcamos uma visita de uma missão japonesa ao Piauí e vamos canalizar bons e grandes investimentos para o estado”, afirmou.


    O encontro realizado pela Câmara de Comércio e Indústria Japonesa do Brasil apresentou a vários empresários e investidores japoneses as potencialidades do Piauí em sete áreas: Mineração, Agronegócio, Saúde, Infraestrutura, Educação, Turismo e Energia Eólica e Solar. Secretários do governo e técnicos das áreas apresentadas também estiveram no evento para tratar dados técnicos e aprofundar as informações sobre possíveis negócios no estado. Além dos temas em destaque, também foi abordado o plano de Parcerias e Concessões desenvolvido pelo Governo do Estado.


  • Governo Estado

    Detran recebe crianças para ação de educação no trânsito

    17.09.2016 | Postado por: | 0 Comentários

    A Escola Piauiense de Trânsito recebeu alunos da CMEI Tia Mônica Teixeira para realização de atividades sobre educação no trânsito.


    O Departamento Estadual de Trânsito do Piauí (Detran-PI), por meio da Escola Piauiense de Trânsito (EPT), recebeu, nesta sexta-feira (16), alunos entre 4 e 5 anos de idade do Centro Municipal de Educação Infantil (CMEI) Tia Mônica Teixeira para realização de atividades sobre educação no trânsito.


    As crianças foram recebidas na sede do órgão, onde a EPT funciona. Uma equipe de educadores preparou um pequeno circuito simulando o trânsito, com placas de sinalização, semáforos e faixas de pedestre para que os alunos pudessem colocar em prática o que vinham aprendendo em sala de aula.


    “Eles concretizaram a forma correta de se comportar no trânsito, como: ao atravessar a faixa de segurança prestando atenção ao semáforo. Isso é importante porque algumas vezes os pais chegam a comentar com a gente que a criança, ás vezes, chega a repassar isso para os adultos da família”, comentou a diretora da CMEI Tia Mônica, Reijaneide Natália de Sousa Silva.


    A educadora infantil informou que as crianças tiveram um contato anterior, em sala de aula, com a educação no trânsito. “Temos um projeto colocado pela secretaria da Educação, neste mês é justamente o mês da semana do trânsito, então como estamos trabalhando essa temática, seria importante que, além da teoria, eles tivessem o contato com essa parte mais prática e aí tivemos o contato com o Detran para trazê-los aqui”, pontuou.


    A diretora da EPT, Larissa Caldas, afirma que além de ações envolvendo os condutores de veículos, ciclistas e pedestres, é preciso trabalhar também com as crianças. “Eles são futuros condutores e é importante começar com a educação infantil, principalmente, para que eles também possam conscientizar os pais”, explicou.


    Além do circuito, os alunos participaram de uma série de atividades pensadas especificamente para eles. “Foi um momento muito produtivo e criativo. Trabalhamos com a conscientização com relação à faixa de pedestre e os dispositivos de segurança, como a cadeirinha e o uso do capacete. Isso foi feito de forma dinâmica com vídeos, músicas e muita brincadeira”, finalizou a diretora da EPT.


  • Governo Estado

    Seplan e SDR discutem sistemas de monitoramento para ações do Banco Mundial

    17.09.2016 | Postado por: | 0 Comentários

    A diretora do Sistema de Monitoramento das Obras e Ações Estratégicas do Governo (SIMO), da Secretaria do Estado de Planejamento, Gisele Oliveira, esteve reunida, nesta sexta-feira (16), com o diretor de Combate à Pobreza Rural, Francisco das Chagas Ribeiro e técnicos da Seplan, Cepro e SDR, para discutir os primeiros passos para a integração de um novo sistema de monitoramento do Progere II e o SIMO.

    Francisco das Chagas Ribeiro explica que o Progere II, é financiado pelo Banco Mundial e é integrado aos principais sistemas do Governo Federal e do governo do Estado para facilitar a alimentação. “Esta reunião é bastante importante por força do monitoramento das obras executadas pelo governo do estado acompanhados aqui pela Seplan, através do Simo. A integração entre o sistema que vai acompanhar o detalhamento das ações do Banco Mundial e aqui o acompanhamento Geral das obras e das ações feito aqui pela Secretaria do Planejamento”, diz ele.

    O Progere II está em fase de seleção e captação das propostas. Até dezembro serão selecionados 12 projetos-piloto, que serão executados a partir do começo de 2017.

    Para o próximo ano serão executados 50 projetos de desenvolvimento e geração de renda para os territórios do Entre Rios, Carnaubais e Cocais, apoiando as cadeias produtivas da ovinocaprinocultura, fruticultura, criação de aves caipiras e apicultura, beneficiando mais de 12 mil famílias aproximadamente.

    A Seplan é a entidade líder do projeto, atuando como ordenadora de despesas e também monitoramento dos resultados das ações que são desenvolvidas: “A Seplan está monitorando se as ações estão atingindo o público delimitado, se estamos nos prazos estabelecidos, e se o volume de recursos está compatíveis com aquele com aquele que foi programado e acordado inicialmente”, ressalta o diretor da DCPR.

    A implantação de um novo sistema e integração aos demais sistemas existentes é uma exigência do banco mundial e vai permitir um gerenciamento ainda mais detalhado dos contratos, convênios e indicadores das ações.


Parceiros