Quarta-feira, 21 de Fevereiro de 2018
 

Alepi

Você está em: Home > Blogs > alepi
  • Assembléia Legislativa Piauí

    Wilson Brandão propõe título de cidadania piauiense a empresário

    21.08.2016 | Postado por: | 0 Comentários

    A Assembleia legislativa realiza sessão solene no próximo dia 10 de agosto para entrega do título de cidadão piauense ao empresário Benedito Cirilo Albino, natural de Pedreiras, no Maranhão. O autor do  projeto de Decreto Legislativo é o deputado Wilson Brandão (PSB).


    O homenageado é filho de pai lavrador, e aos 4 anos de idade perdeu a mãe e trabalhou na lavoura. Tem três filhos. Casado com Valdenê Maria Silva Albino. Trabalhou num grande grupo empresarial de Teresina, onde iniciou a vida profissional como contínuo em 1963, em Pedreiras. Exerceu várias funções até chegar a diretor de uma indústria do mesmo grupo.


    x


    Benedito Cirilo Albino reside há 43 anos no Piauí, onde chegou em 1973. Trabalhou 31 anos na mesma empresa, onde contribuiu para a formação técnica e profissional de mais de 17 mil pessoas. A partir de 1994 fundou o Grupo Noroeste, de 22 lojas e duas fábricas, e gera emprego para mais de 1.400 pessoas.


    Segundo o autor da proposta, deputado Wilson Brandão, “o empresário ganhou experiência no mundo têxtil, aliada a capacidade de administrar e liderar esse tipo de negócio”.  Hoje, o empresário é responsável pelo progresso do Piauí através de suas empresas e tem contribuído na qualificação da mão de obra de centenas de pessoas que emprega nas suas empresas.


    O empresário recebeu vários prêmios e homenagens a partir de 2004 até o ano de 2013, pela sua atuação ao longo dos anos em nosso estado.


    Texto: Emerson Brandão


    Foto: Caio Bruno


    Edição: Paulo Pincel


  • Assembléia Legislativa Piauí

    hemístocles Filho discute com Michel Temer PEC 47

    21.08.2016 | Postado por: | 0 Comentários

    Pela primeira vez em 52 anos, o presidente da República (em exercício), Michel Temer, recebeu em audiência, no Palácio do Planalto, em Brasília, os presidentes das Assembleias Legislativas dos Estados e do Distrito Federal, no Palácio do Planalto.


    O presidente da Assembleia Legislativa do Piauí, Themístocles Filho (PMDB), estava acompanhado do futuro vice-presidente Luciano Nunes (PSDB), que assume o cargo em feveiro para o biênio 2017/2019.


    x


    O principal assunto discutido no encontro desta quinta-feira (14) foi a Proposta de Emenda à Constituição (PEC) nº 47, que trata da divisão das responsabilidades da União com as Assembleias Legislativas sobre questões como: direitos processuais, assistência social, trânsito, transporte, licitação e contratação, direitos agrários, entre outros.


    O texto está em trâmite na Câmara dos Deputados e já foi aprovado na Comissão de Constituição de Justiça (CCJ), do Senado Federal. O presidente Themístocles Filho participou do debate e saiu otimista da reunião.


    “Foi um momento histórico para os presidentes dos parlamentos”, comemorou a deputada estadual do Pará e presidente da União Nacional dos Legisladores e Legislativos Estaduais (Unale), Ana Cunha


    “A PEC vai nos dar mais capacidade de legislar nos nossos estados, contribuindo com a nação e melhorando as questões dos nossos estados nas regionalidades… Ela não tira a admissibilidade do governo federal, apenas nos capacita a ver regionalmente como melhorar os nossos estados”, acrescentou a presidente da Unale.


    Texto: Nayane Miranda, com informações do Palácio do Planalto


    Fotos: Presidência da República


    Edição: Paulo Pincel


  • Assembléia Legislativa Piauí

    Alepi aprovou requerimento para melhoria de 48 trechos de estrada

    21.08.2016 | Postado por: | 0 Comentários

    Entre as matérias aprovadas no primeiro semestre de trabalho dos deputados estaduais os requerimentos foram em maior número, e entre eles os pedidos para que o Governo do Estado e Governo Federal tomem providências para melhoria das estradas no Piauí somaram 48 requerimentos.


    x


    Recuperação de pavimentação, operação tapa buraco, construção de obras de arte, recuperação de pontes  e principalmente construção de estradas ligando os municípios foram alvo dos requerimentos dos deputados, em sua maioria encaminhados ao Departamento de Estradas de Rodagem (DER-PI).


    No primeiro período de 2016 (segunda sessão legislativa da 18ª Legislatura) foi positivo resultando na aprovação de 529 proposições, incluindo 82 Projetos de Lei Ordinária, 356 requerimentos, 36 Projetos de Lei Ordinária do Governo do Estado e 13 vetos governamentais.


     


     


  • Assembléia Legislativa Piauí

    Assembleia vai analisar transferência da Vara Agrária para Teresina

    21.08.2016 | Postado por: | 0 Comentários

    A Assembleia Legislativa do Piauí vai receber, já na próxima semana, na reabertura dos trabalhos no segundo semestre, a proposta aprovada pelo Tribunal de Justiça do Piauí transferindo a Vara Agrária do município de Bom Jesus – maior produtor de grãos e a principal fronteira agrícola do Piauí e uma das últimas do país – para a capital, Teresina.


    x


    A alegação para a mudança é que os conflitos agrários e  outras questões judiciais relacionadas ao campo acontecem no estado inteiro e também porque em Teresina a Vara Agrária terá mais estrutura para funcionamento, como sede própria, internet com transmissão por fibra ótica, tornando o trâmite processual mais célere, além de recursos humanos de mais qualidade.


    A transferência de local da Vara Agrárial é mais uma das inovações adotadas pelo presidente do TJ-PI, desembargador Erivan Lopes, e foi votada e aprovada – 11 votos contra 6 e duas ausências: os desembargadores Pedro de Alcântara Macedo e Ribamar Oliveira não compareceram à sessão – durante a sessão administrativa de quinta-feira (28).


    Se agradou a muitos, a matéria promete provocar polêmica e debates acirrados nas comissões e em plenário, como aconteceu com a agregação e extinção de comarcas no interior do Piauí.


    Erivan Lopes propôs e os desembargadores aprovaram outras alterações importantes como a mudança na qualificação pessoal, a proximidade com os demais atores que atuam no processo judicial agrário, como Incra, Interpi, Procuradoria Geral do Estado e Advocacia Geral da União.


    A Assembleia Legislativa do Piauí vai receber, já na próxima semana, na reabertura das atividades parlamentares no segundo semestre, a proposta aprovada ontem (28) pelo Tribunal de Justiça do Piauí transferindo a Vara Agrária do município de Bom Jesus – maior produtor de grãos e a principal fronteira agrícola do Piauí e uma das últimas do país – para Teresina.


    A alegação para a mudança é que os conflitos agrários e  outras questões judiciais relacionadas ao campo acontecem no estado inteiro e também porque em Teresina a Vara Agrária terá mais estrutura para funcionamento, como sede própria, internet com transmissão por fibra ótica, tornando o trâmite processual mais célere, além de recursos humanos de mais qualidade.


    A transferência de local da Vara Agrárial é mais uma das inovações adotadas pelo presidente do TJ-PI, desembargador Erivan Lopes, e foi votada e aprovada – 11 votos contra 6 e duas ausências: os desembargadores Pedro de Alcântara Macedo e Ribamar Oliveira não compareceram à sessão – durante a sessão administrativa de quinta-feira (28).


    A matéria será discutida nas comissões técnicas e em plenário, como aconteceu com a agregação e extinção de comarcas no interior do Piauí.


    O desembargador Erivan Lopes propôs e os desembargadores aprovaram outras alterações importantes como a mudança na qualificação pessoal, a proximidade com os demais atores que atuam no processo judicial agrário, como Incra, Interpi, Procuradoria Geral do Estado e Advocacia Geral da União.


    Texto e foto: Paulo Pincel


  • Assembléia Legislativa Piauí

    Lido projeto que dá assistência a recém-nascidos com deficiência

    21.08.2016 | Postado por: | 0 Comentários

    Foi lido durante a primeira sessão após o recesso da Assembleia Legislativa do Estado do Piauí (Alepi), nessa manhã do dia 01 de agosto, o Projeto de Lei de nº 84, de 2016, da deputada Flora Izabel (PT), que dispõe sobre a prestação de assistência especial a parturientes cujos filhos recém nascidos sejam portadores de deficiência ou doenças congênitas.


    x


    De acordo com o 1º Artigo do projeto, os hospitais e as maternidades no Estado do Piauí prestarão assistência especial às parturientes cujos filhos recém nascidos apresentarem qualquer tipo de deficiência ou patologia congênita que impliquem em tratamento continuado, constando período de internação para o parto ou logo após o nascimento da criança.


    No parágrafo único do projeto a parlamentar explica que  entende-se por assistência especial, para os efeitos da referida lei, a prestação de informações por escrito à parturiente, ou a quem represente sobre os cuidados a serem tomados em relação ao recém-nascido por conta da deficiência patológica, bem como no encaminhamento às instituições públicas e privadas, especializadas no tratamento e acompanhamento adequado.


    “O disposto nessa lei deverá ser adotado pelos médicos pediatras dos hospitais e maternidades no Estado, quando diagnosticarem deficiência ou doenças constantes no artigo primeiro. E cabe ao Poder Executivo regulamentar a presente lei, no prazo de 120 dias”, acrescentou a deputada.


    Voto de pesar


    A deputada Juliana Moraes Souza (PMDB) apresentou requerimento, lido na manhã desta segunda-feira, dia 01, solicitando Voto de Pesar, pelo falecimento do senhor Gilberto Oliveira Duarte, que dedicou 71 anos de sua vida, a União Caixeiral, onde foi aluno, bedel, professor e diretor da instituição. Gilberto Oliveira faleceu aos 91 anos de idade.


    Lindalva Miranda – Edição: Caio Bruno


     


     


  • Assembléia Legislativa Piauí

    Presidente recebe coordenador de Comunicação do governo

    21.08.2016 | Postado por: | 0 Comentários

    Nesta terça, dia 02, o presidente da Assembleia Legislativa do Estado do Piauí, deputado Themístocles Filho, recebeu a visita de cortesia do Coordenador de Comunicação do Estado do Piauí, João Rodrigues, e do diretor presidente do site Brasil 247, Leonardo Attuch.


    x


    Na pauta eles trouxeram a necessidade de manter um contato direto com o parlamento através dos canais de comunicação que a Assembleia possui e do portal de notícias Brasil 247, de São Paulo. “É um site que possui 50 milhões de acesso por mês. Eles também vieram fazer uma visita ao governador do estado e o interesse maior é divulgar os conteúdos em cenário nacional, a questão política e também as questões econômicas. O diretor presidente do site veio se colocar a disposição da casa legislativa para divulgar os conteúdos”, explicou o coordenador de comunicação. “O deputado Themístocles esteve em Brasília e “provocou” uma discussão com o presidente Michel Temer o qual realizou uma reunião com todos os presidentes das Assembleias. O debate foi para que se fizesse uma análise diferenciada da situação econômica em cada estado”, complementou João Rodrigues.


    “Além de política teremos um foco no desenvolvimento regional. Vamos abordar o nordeste como um todo, acompanhar os fóruns dos governadores e eventualmente promover seminários voltados para o nordeste. Por isso, queremos estar muito próximo e poder contar com a estrutura de divulgação que a assembleia possui”, explicou o diretor presidente.


    Na oportunidade o presidente da casa, deputado Themístocles Filho, apresentou os canais de comunicação que a Assembleia possui: “Hoje temos TV Assembleia digital, Rádio e o nosso portal de notícia. Nossa população gosta de rádio, que também tem um grande alcance”, enfatizou o parlamentar.


    “Acho importante divulgarmos ainda mais os trabalhos dos nossos deputados e do estado do Piauí. Sempre digo que em toda pesquisa que nos fazemos, o povo reclama muito de saúde, tanto na capital como no interior; reclama de segurança pública, de problema de água, de infraestrutura. E são esses assuntos que o povo também gosta de saber”, finalizou o presidente da Alepi.


    Nayane Miranda – Edição: Caio Bruno


  • Assembléia Legislativa Piauí

    Edson Ferreira denuncia abuso eleitoral em S. Raimundo Nonato

    21.08.2016 | Postado por: | 0 Comentários

    O deputado Edson Ferreira (PSD) denunciou abuso eleitoral por parte da candidata de oposição a prefeito em São Raimundo Nonato, que vem a ser esposa do secretário de Defesa Civil, Hélio Isaías. Segundo Edson Ferreira, o abuso consiste em licitação viciada e cooptação de candidatos a vereador através de vantagem financeira.


    x


    Edson Ferreira leu matérias do PortalAZ, em que o nome do vencedor da licitação foi divulgado com bastante antecedência e exibiu fotografia de prédio que consta como endereço da empresa vencedora de licitação para calçamento, a Umbuzeiro. O deputado disse que o prédio não tem como abrigar uma empresa. Para ele, as obras de calçamento em São Raimundo Nonato são superfaturadas, comparando-se o preço por metro quadrado com obras do Governo do Estado na região.


    O deputado Edson Ferreira afirmou que as obras da secretaria de Defesa Civil devem ser de emergências, e não de calçamentos. Ele disse que é impossível se aceitar esse abuso eleitoral, e por isso pretende denunciar a candidata perante o Ministério Público e o Tribunal de Contas do Estado.


    Repórter: Raimundo Cazé.


    O deputado Edson Ferreira (PSD) denunciou abuso eleitoral por parte da candidata de oposição a prefeito em São Raimundo Nonato, que vem a ser esposa do secretário de Defesa Civil, Hélio Isaías. Segundo Edson Ferreira, o abuso consiste em licitação viciada e cooptação de candidatos a vereador através de vantagem financeira. Edson Ferreira disse que o valor da obra é de R$ 700 mil e que se trata de uma obra levada através de um vereador com o qual foi negociado apoio à campanha da oposição em São Raimundo.


    O parlamerntar leu matérias do PortalAZ, em que o nome do vencedor da licitação foi divulgado com bastante antecedência e exibiu fotografia de prédio que consta como endereço da empresa vencedora de licitação para calçamento, a Umbuzeiro. O deputado disse que o prédio não tem como abrigar uma empresa. Para ele, as obras de calçamento em São Raimundo Nonato são superfaturadas, comparando-se o preço por metro quadrado com obras do Governo do Estado na região.


    O deputado Edson Ferreira afirmou que as obras da secretaria de Defesa Civil devem ser de emergências, e não de calçamentos. Ele disse que é impossível se aceitar esse abuso eleitoral, e por isso pretende denunciar a candidata perante o Ministério Público e o Tribunal de Contas do Estado.


    Raimundo Cazé – Edição: Caio Bruno


  • Assembléia Legislativa Piauí

    João de Deus preocupado com a retirada de direitos de trabalhadores

    21.08.2016 | Postado por: | 0 Comentários

    O líder do Governo, deputado João de Deus (PT), disse, hoje(9), que o Governo Michel Temer tem uma pauta preocupante que prevê a retirada de direitos dos trabalhadores, incluindo a ampliação da jornada de trabalho de 44 para 80 horas semanais e o fim da estabilidade do servidor público. Ele propôs a realização de um debate sobre a questão e disse que somente a mobilização da sociedade poderá impedir que os trabalhadores sejam prejudicados.


    João de Deus iniciou seu discurso dizendo que representantes de várias categorias estiveram reunidos ontem(8) com o governador Wellington Dias no Palácio de Karnak quando manifestaram preocupação com as propostas que prejudicam os trabalhadores. “Eles trataram ainda com o governador sobre os reajustes salariais do funcionalismo estadual e propuseram a formação de uma Comissão Permanente de Negociação para discutir as reivindicações das categorias”, adiantou ele.


    x


    O parlamentar petista declarou que está previsto que as categorias irão elaborar uma pauta de reivindicações a ser dirigida ao chefe do Poder Executivo estadual que a encaminhará para a comissão realizar uma avaliação, inclusive no que se refere ao impacto financeiro na folha de pagamento quando se tratar de pedido de aumento salarial.


    Em seguida, João de Deus discorreu sobre as propostas de retirada de direitos dos trabalhadores, afirmando que uma delas estabelece que as categorias passariam a negociar com as empresas, dentre outras coisas, o pagamento do 13º salário e a jornada de trabalho. Ele assinalou que “na prática, isso quer dizer que aquilo que for negociado estará acima do que prevê a lei, significando que as empresas poderão acordar com os trabalhadores, por exemplo, o não pagamento do abono de férias e do 13º salário para não fazer demissões”.


    Em aparte, o deputado Robert Rios (PDT) disse que a questão é preocupante e que existe um complô formado contra os trabalhadores que devem ter mantidos os seus direitos. O deputado Dr. Pessoa (PSD) declarou que aprovar a jornada de trabalho de 80 horas é uma atitude perversa, enquanto o deputado Francis Lopes (PRB) afirmou que os eleitores devem escolher bem os seus representantes políticos para não colocar na Câmara Federal deputados que prejudiquem a população.


    João de Deus acrescentou que tramitam na Câmara dos Deputados 55 Projetos de Lei retirando as conquistas dos trabalhadores. “Tem até um Projeto de Lei que proíbe o trabalhador demitido por justa causa de entrar na Justiça em defesa dos seus direitos”, disse o líder do Governo, afirmando que deve haver um debate com representantes da Justiça do Trabalho e dos sindicatos sobre o assunto e que as propostas são defendidas pela Confederação Nacional da Indústria (CNI) e a Federação das Indústrias de São Paulo (Fiesp) que, segundo ele, patrocinam o impeachment da presidente Dilma Rousseff.


    Por J. Barros


    O líder do Governo, deputado João de Deus (PT), disse, hoje (9), que o Governo Michel Temer tem uma pauta preocupante que prevê a retirada de direitos dos trabalhadores, incluindo a ampliação da jornada de trabalho de 44 para 80 horas semanais e o fim da estabilidade do servidor público.


    Ele propôs a realização de um debate sobre a questão e disse que somente a mobilização da sociedade poderá impedir que os trabalhadores sejam prejudicados.João de Deus iniciou seu discurso dizendo que representantes de várias categorias estiveram reunidos ontem(8) com o governador Wellington Dias no Palácio de Karnak quando manifestaram preocupação com as propostas que prejudicam os trabalhadores.


    “Eles trataram ainda com o governador sobre os reajustes salariais do funcionalismo estadual e propuseram a formação de uma Comissão Permanente de Negociação para discutir as reivindicações das categorias”, adiantou ele.O parlamentar petista declarou que está previsto que as categorias irão elaborar uma pauta de reivindicações a ser dirigida ao chefe do Poder Executivo estadual que a encaminhará para a comissão realizar uma avaliação, inclusive no que se refere ao impacto financeiro na folha de pagamento quando se tratar de pedido de aumento salarial.


    Em seguida, João de Deus discorreu sobre as propostas de retirada de direitos dos trabalhadores, afirmando que uma delas estabelece que as categorias passariam a negociar com as empresas, dentre outras coisas, o pagamento do 13º salário e a jornada de trabalho. Ele assinalou que “na prática, isso quer dizer que aquilo que for negociado estará acima do que prevê a lei, significando que as empresas poderão acordar com os trabalhadores, por exemplo, o não pagamento do abono de férias e do 13º salário para não fazer demissões”.


    Em aparte, o deputado Robert Rios (PDT) disse que a questão é preocupante e que existe um complô formado contra os trabalhadores que devem ter mantidos os seus direitos. O deputado Dr. Pessoa (PSD) declarou que aprovar a jornada de trabalho de 80 horas é uma atitude perversa, enquanto o deputado Francis Lopes (PRB) afirmou que os eleitores devem escolher bem os seus representantes políticos para não colocar na Câmara Federal deputados que prejudiquem a população.


    João de Deus acrescentou que tramitam na Câmara dos Deputados 55 Projetos de Lei retirando as conquistas dos trabalhadores. “Tem até um Projeto de Lei que proíbe o trabalhador demitido por justa causa de entrar na Justiça em defesa dos seus direitos”, disse o líder do Governo, afirmando que deve haver um debate com representantes da Justiça do Trabalho e dos sindicatos sobre o assunto e que as propostas são defendidas pela Confederação Nacional da Indústria (CNI) e a Federação das Indústrias de São Paulo (Fiesp) que, segundo ele, patrocinam o impeachment da presidente Dilma Rousseff.


    Texto: J. Barros


    Foto: Caio Bruno


    Edição: Paulo Pince


  • Assembléia Legislativa Piauí

    Alepi entrega título de cidadania ao presidente do Grupo Noroeste

    21.08.2016 | Postado por: | 0 Comentários

    Assembleia entrega título de cidadania ao presidente do Grupo Noroeste


    O presidente do Grupo Noroeste, empresário Benedito Cirilo Albino, que nasceu em Pedreiras, no Maranhão, recebeu, hoje(10), o título de cidadão piauiense durante sessão solene realizada na Assembleia Legislativa, atendendo proposição apresentada pelo deputado Wilson Brandão (PSB). A solenidade foi muito prestigiada com a presença de familiares, amigos, diretores e funcionários do grupo liderado pelo homenageado.


    x


    Ao abrir a sessão solene, o presidente da Assembleia Legislativa, deputado Themístocles Filho (PMDB), convidou para a mesa de honra, dentre outros, o deputado Ziza Carvalho (Pros), secretário estadual do Meio Ambiente e Recursos Hídricos (Semar), a esposa do homenageado, Valdenê Albino, e os filhos Rondineli Albino, Roberta Albino e Renata Albino.


    Os deputados Wilson Brandão e Zé Santana (PMDB) conduziram Benedito Cirilo ao plenário e, após a execução do Hino do Piauí, o presidente Themístocles Filho entregou o diploma de cidadão piauiense ao empresário.


    Em seguida, Wilson Brandão discursou afirmando que Benedito Cirilo era um homem simples e trabalhador, de conduta ilibada e merecedor do reconhecimento e gratidão de todos os piauienses pelos relevantes serviços prestados ao Estado através do Grupo Noroeste que, segundo ele, emprega centenas de pessoas em suas 22 lojas e fábricas que funcionam em três Estados, Piauí, Maranhão e Tocatins.


    Themístocles Filho destacou que a presença de um grande número de pessoas na sessão solene demonstrava que Benedito Cirilo tem muita amizade. “O amigo gera riquezas através do seu grupo para o Piauí e o Brasil, dando oportunidades de trabalho para muita gente, por isso esta homenagem é acertada e foi aprovada por unanimidade por esta Casa”, acrescentou ele.


    O empresário Benedito Cirilo disse que recebia a homenagem emocionado e que hoje era um dia muito especial para ele e sua família. Ele afirmou que chegou ao Piauí em 1977 como funcionário do Grupo Claudino e participa da construção do desenvolvimento do Estado há 39 anos. “Este título é, também, da minha família, dos meus amigos e dos nossos colaboradores no Grupo Noroeste”, declarou ele, agradecendo ao deputado Wilson Brandão e a todos os parlamentares estaduais pela homenagem.


    Ao encerrar a sessão solene, o deputado Wilson Brandão, que presidia os trabalhos na oportunidade, convidou os deputados Gustavo Neiva (PSB), Severo Eulálio (PMDB) e Zé Santana para conduzir o homenageado até o Salão Nobre Deputada Francisca Trindade, onde ele receberia os cumprimentos e seria oferecido um coquetel a todos os presentes.


    Por J. Barros


    Assembleia entrega título de cidadania ao presidente do Grupo NoroesteO presidente do Grupo Noroeste, empresário Benedito Cirilo Albino, que nasceu em Pedreiras, no Maranhão, recebeu, hoje(10), o título de cidadão piauiense durante sessão solene realizada na Assembleia Legislativa, atendendo proposição apresentada pelo deputado Wilson Brandão (PSB). A solenidade foi muito prestigiada com a presença de familiares, amigos, diretores e funcionários do grupo liderado pelo homenageado.


    Ao abrir a sessão solene, o presidente da Assembleia Legislativa, deputado Themístocles Filho (PMDB), convidou para a mesa de honra, dentre outros, o deputado Ziza Carvalho (Pros), secretário estadual do Meio Ambiente e Recursos Hídricos (Semar), a esposa do homenageado, Valdenê Albino, e os filhos Rondineli Albino, Roberta Albino e Renata Albino.


    Os deputados Wilson Brandão e Zé Santana (PMDB) conduziram Benedito Cirilo ao plenário e, após a execução do Hino do Piauí, o presidente Themístocles Filho entregou o diploma de cidadão piauiense ao empresário.


    Em seguida, Wilson Brandão discursou afirmando que Benedito Cirilo era um homem simples e trabalhador, de conduta ilibada e merecedor do reconhecimento e gratidão de todos os piauienses pelos relevantes serviços prestados ao Estado através do Grupo Noroeste que, segundo ele, emprega centenas de pessoas em suas 22 lojas e fábricas que funcionam em três Estados, Piauí, Maranhão e Tocatins.


    Themístocles Filho destacou que a presença de um grande número de pessoas na sessão solene demonstrava que Benedito Cirilo tem muita amizade. “O amigo gera riquezas através do seu grupo para o Piauí e o Brasil, dando oportunidades de trabalho para muita gente, por isso esta homenagem é acertada e foi aprovada por unanimidade por esta Casa”, acrescentou ele.


    O empresário Benedito Cirilo disse que recebia a homenagem emocionado e que hoje era um dia muito especial para ele e sua família. Ele afirmou que chegou ao Piauí em 1977 como funcionário do Grupo Claudino e participa da construção do desenvolvimento do Estado há 39 anos. “Este título é, também, da minha família, dos meus amigos e dos nossos colaboradores no Grupo Noroeste”, declarou ele, agradecendo ao deputado Wilson Brandão e a todos os parlamentares estaduais pela homenagem.


    Ao encerrar a sessão solene, o deputado Wilson Brandão, que presidia os trabalhos na oportunidade, convidou os deputados Gustavo Neiva (PSB), Severo Eulálio (PMDB) e Zé Santana para conduzir o homenageado até o Salão Nobre Deputada Francisca Trindade, onde ele receberia os cumprimentos e seria oferecido um coquetel a todos os presentes.


    Por J. Barros – Edição: Caio Bruno


  • Assembléia Legislativa Piauí

    Rubem Martins solicita relatório sobre a situação prisional no Piauí

    21.08.2016 | Postado por: | 0 Comentários

    Preocupado com o alto índice de violência no Estado, o deputado Rubem Martins (PSB) apresentou nesta manhã (10) requerimento solicitando ao Governador do Estado , Wellington Dias, ao Secretário de Segurança Pública, Fábio Abreu e ao Secretário Estadual de Justiça, Daniel Oliveira, relatório detalhado da situação do Sistema Prisional Piauiense.


    x


    De acordo com o parlamentar, de janeiro a abril deste ano foram registradas 60 tentativas de fuga e 62% dos detentos continuam sem julgamento. “Vale destacar que o Piauí ainda não dispõe de um Plano estadual de Segurança Pública, este detalhamento subsidiará na elaboração de estratégias, metas e ações de prevenção, controle e combate aos vários tipos de crime ocorridos no Estado”, justifica.


    Outra preocupação do deputado é a questão dos incêndios na capital, que neste ano têm sido mais frequentes, em relação aos anos anteriores. Por esta razão solicita ao Comandante Geral do Corpo de Bombeiros, Carlos Frederico Macedo Mendes, um diagnóstico da real situação e do número de hidrantes externos existentes, principalmente em Teresina.


    Rubem Martins alerta sobre a inexistência de hidrantes em locais estratégicos da rede de distribuição de água, principalmente em áreas de grande circulação de pessoas, como em escolas, hospitais e laboratórios, shoppings, cartórios, entre outros.


    Isolda Monteiro


    Preocupado com o alto índice de violência no Estado, o deputado Rubem Martins (PSB) apresentou nesta manhã (10) requerimento solicitando ao Governador do Estado , Wellington Dias, ao Secretário de Segurança Pública, Fábio Abreu e ao Secretário Estadual de Justiça, Daniel Oliveira, relatório detalhado da situação do Sistema Prisional Piauiense.


    De acordo com o parlamentar, de janeiro a abril deste ano foram registradas 60 tentativas de fuga e 62% dos detentos continuam sem julgamento. “Vale destacar que o Piauí ainda não dispõe de um Plano estadual de Segurança Pública, este detalhamento subsidiará na elaboração de estratégias, metas e ações de prevenção, controle e combate aos vários tipos de crime ocorridos no Estado”, justificou.


    Outra preocupação do deputado é a questão dos incêndios na capital, que neste ano têm sido mais frequentes, em relação aos anos anteriores. Por esta razão solicita ao Comandante Geral do Corpo de Bombeiros, Carlos Frederico Macedo Mendes, um diagnóstico da real situação e do número de hidrantes externos existentes, principalmente em Teresina.


    Rubem Martins alerta sobre a inexistência de hidrantes em locais estratégicos da rede de distribuição de água, principalmente em áreas de grande circulação de pessoas, como em escolas, hospitais e laboratórios, shoppings, cartórios, entre outros.


    Texto: Isolda Monteiro


    Foto e edição: Caio Bruno


Parceiros